Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Alterações celulares e teciduais de Echinodermata em resposta ao parasitismo por moluscos eulimídios (Gastropoda: Eulimidae) (2014)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: ARAUJO, VINICIUS QUEIROZ - IB
  • USP Schools: IB
  • Subjects: ECHINODERMATA; SISTEMA IMUNE; DEFESA ANIMAL; INFLAMAÇÃO; CITOQUÍMICA; PARASITISMO; MICROSCOPIA ELETRÔNICA DE VARREDURA; BIOLOGIA CELULAR
  • Keywords: Celomócitos; Colelomocytes; Eulimidae; Eulimidae; Inflammation; Parasitism
  • Language: Português
  • Abstract: Assim como visto nos vertebrado, os invertebrados também possuem um sistema imune bastante complexo, apresentando respostas humorais e celulares. Esta última é a principal forma de defesa, envolvendo células amebóides móveis capazes de isolar e/ou eliminar material estranho. Em equinodermos, as células envolvidas nestas respostas são categorizadas como celomócitos, uma denominação genérica que engloba vários tipos celulares encontrados nas cavidades corporais e no tecido conjuntivo. Entretanto, além da função imune, são reportados como tendo outros papéis diversos, como excreção, digestão, transporte e estocagem de nutrientes e a síntese e deposição de fibras de colágeno e da matriz extracelular Não existe consenso sobre quais os papéis específicos desempenhados por estas células num organismo saudável e nem diante de um processo inflamatório. Assim, o presente trabalho foi realizado para caracterizar o processo inflamatório no espinho de Eucidaris tribuloides causado por sabinella troglodytes, um molusco ectoparasita no espinho. A primeira parte do trabalho traz a caracterização das células da cavidade celomática. Para investigá-las foi realizada uma abordagem integrada onde os celomócitos foram descritos por meio da utilização de células vivas, citoquímica e microscopia eletrônica de transmissão. Foram encontrados sete tipos celulares, sendo um novo e dois pouco conhecidos. Com esta abordagem inicial, foi possível obter as ferramentas necessárias para investigar o processoinflamatório. Para estudar o processo inflamatório no espinho de E. tribuloides, utilizou-se uma abordagem estrutural, combinando histologia, microscopia eletrônica de varredura e microtomografia computadorizada, assim como celular/molecular. Os dados indicam que a inflamação causada pelo molusco parece ser um evento local, que altera tanto a matriz orgânica quanto a calcária, mas parece não se propagar para a cavidade celomática do hospedeiro
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 03.12.2014
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    IB12000029638M-1814
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ARAUJO, Vinicius Queiroz; CUSTÓDIO, Márcio Reis. Alterações celulares e teciduais de Echinodermata em resposta ao parasitismo por moluscos eulimídios (Gastropoda: Eulimidae). 2014.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41135/tde-09032015-121037/ >.
    • APA

      Araujo, V. Q., & Custódio, M. R. (2014). Alterações celulares e teciduais de Echinodermata em resposta ao parasitismo por moluscos eulimídios (Gastropoda: Eulimidae). Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41135/tde-09032015-121037/
    • NLM

      Araujo VQ, Custódio MR. Alterações celulares e teciduais de Echinodermata em resposta ao parasitismo por moluscos eulimídios (Gastropoda: Eulimidae) [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41135/tde-09032015-121037/
    • Vancouver

      Araujo VQ, Custódio MR. Alterações celulares e teciduais de Echinodermata em resposta ao parasitismo por moluscos eulimídios (Gastropoda: Eulimidae) [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41135/tde-09032015-121037/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: