Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Estudo de caso sobre o abandono de crianças e adolescentes em instituições totais (2014)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: PESTANA, JANINE GONçALVES - IP
  • USP Schools: IP
  • Sigla do Departamento: PST
  • Subjects: CRIANÇAS; ADOLESCENTES; CRIANÇAS ABANDONADAS; INSTITUIÇÕES; DISTÚRBIOS DO COMPORTAMENTO
  • Language: Português
  • Abstract: Esta pesquisa possui como tema o abandono de crianças e adolescentes em Instituições Totais. Teve início em 2010, a partir de uma notícia publicada pela Folha de São Paulo sobre uma menina que se encontrava esquecida em uma instituição psiquiátrica há mais de quatro anos. Além dela, outras crianças vivem situações semelhantes, pelo país afora. São crianças que se encontram esquecidas pelas famílias e pelas instituições. Sem formação e cuidados adequados, estão expostas a diversas situações de abuso e violência de todos os gêneros. Tal histórico e experiência propiciam a exploração sexual e econômica, a extrema marginalização nas ruas e em instituições psiquiátricas, além de constantes passagens por Fundações Casa. Neste sentido, um discurso que legitima a exclusão é construído para responder à completa ausência de reflexão sobre decisões banalizadas que operam à revelia do sujeito humano. É um discurso que legitima o desamparo a fim de se manter a exclusão. Mesmo diante de uma aparência de inclusão, os sistemas sociais de assistência àqueles que se encontram em situação de desamparo operam de modo impessoal e segregador. A partir da análise de um discurso construído ao longo da trajetória institucional da adolescente, desde seu nascimento até completar dezenove anos, por meio da consulta de seu processo judicial, foram levantadas importantes questões a respeito do caráter político do sofrimento psíquico e de como a subjetividade é negada e mortificada pela legitimação de umdiscurso médico-jurídico por meio da construção de uma identidade doente e reduzida a esta finalidade. A institucionalização do saber psicológico assume a totalidade das funções de controle social que determinam o padrão de conduta socialmente aceito e a partir dessa regulação, as condutas perturbadoras que precisam ser assistidas dentro dos inúmeros serviços maquiadamente assistencialistas que trazem em seu bojo os fundamentos da exclusão e do aniquilamento do suposto sujeito psíquico
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 10.12.2014
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    IP12300055783T HQ767.8 P476e e.1
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PESTANA, Janine Gonçalves; DAMERGIAN, Sueli. Estudo de caso sobre o abandono de crianças e adolescentes em instituições totais. 2014.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47134/tde-24032015-163204/ >.
    • APA

      Pestana, J. G., & Damergian, S. (2014). Estudo de caso sobre o abandono de crianças e adolescentes em instituições totais. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47134/tde-24032015-163204/
    • NLM

      Pestana JG, Damergian S. Estudo de caso sobre o abandono de crianças e adolescentes em instituições totais [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47134/tde-24032015-163204/
    • Vancouver

      Pestana JG, Damergian S. Estudo de caso sobre o abandono de crianças e adolescentes em instituições totais [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47134/tde-24032015-163204/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: