Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Estudo de propriedades de termoluminescência e ressonância paramagnética eletrônica de lapis lazuli (2015)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CARRERA, BETZABEL NOEMI SILVA - IF
  • USP Schools: IF
  • Subjects: TERMOLUMINESCÊNCIA; RESSONÂNCIA PARAMAGNÉTICA ELETRÔNICA; DIFRAÇÃO POR RAIOS X; SILICATOS; LÁPIS-LAZÚLI
  • Language: Português
  • Abstract: Lapis Lazuli é um mineral de silicato, que foi objeto do presente estudo. Trata-se de uma solução sólida complexa de outros quatro minerais de silicato, a saber: sodalita, noselita, huainita, e lazurita. Essa composição da solução sólida não permite estimar a porcentagem de cada mineral componente, no analise de fluorescência de raios X, onde se obteve que os principiais óxidos componentes do lapis lazuli são, (em % mol) SiO_2 (33,2), CaO (16,3), MgO (12,1) e Al_2 O_3 (10,1) e, em menor concentração , Na_2 O (6,10), SiO_3 (5,90), Fe_2 O_3 (2,05), K_2 O (1,90) e outros óxidos em concentrações menores. Para a caracterização da amostra de lapis lazuli, foram utilizados termoluminescência (TL), ressonância paramagnética eletrônica (EPR) e técnicas de espectroscopia de reflectância. Em TL, é claro, as curvas de emissão da amostra natural, irradiada ou com tratamento térmico têm sido utilizadas. Uma curva de emissão da amostra natural apresentou picos em 296°C e a 372°C , mas as amostras irradiadas mostraram picos em 140°C, 250°C e 350°C. Logo mostrou - se que o pico em 140°C, é na verdade, uma sobreposição dos picos em 116°C e 160°C. O segundo pico cresce linearmente com a dose até cerca de 7000-8000 Gy. O lápis-lazúli apresenta um decaimento anômalo. O primeiro pico decaiu a partir de 3400 (u.a) para 1700 (u.a), em 45 horas, o segundo pico decaiu a partir de 8500(u.a) para 3000 (u.a), nas mesmas 45 horas. Para a Avaliação da parâmetros E e s, o método de forma de pico e Tm- Tstop. O terceiro método com base em diversas taxas de aquecimento para a leitura TL, com a utilização direta do método resultou em valores de E e s irrealistas. Não se encontrou a explicação por que, mas ao fazer deconvolução das curvas de emissão para cada taxa de aquecimento encontramos resultados mais realistas. (CONTINUA)(CONTINUAÇÃO) A deconvolução mostrou quatro picos em 110°C, 146°C, 191°C 245°C, com valores E, respectivamente iguais a 1,229 eV ; 1,23eV; 1,24eV e 1,25eV . O espectro de EPR da amostra experimental apresentou seis sinais de Mn^(2+) e um sinal grande de Fe^(3+) com g= 2,0. A irradiação da ordem de dezenas de kGy produzido um sinal em torno de g=2,003 devido ao centro em F induzido pela radiação. O espectro de refletância mostra um vale em torno de 600 a 800 nm, que corresponde a uma banda de absorção do mesmo comprimento de onda e é responsável pela coloração azul.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 17.03.2015
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    IF30500056361535.356 S586e M
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SILVA CARRERA, Betzabel Noemi; WATANABE, Shigueo. Estudo de propriedades de termoluminescência e ressonância paramagnética eletrônica de lapis lazuli. 2015.Universidade de São Paulo, São paulo, 2015. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/43/43134/tde-24062015-163152/pt-br.php >.
    • APA

      Silva Carrera, B. N., & Watanabe, S. (2015). Estudo de propriedades de termoluminescência e ressonância paramagnética eletrônica de lapis lazuli. Universidade de São Paulo, São paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/43/43134/tde-24062015-163152/pt-br.php
    • NLM

      Silva Carrera BN, Watanabe S. Estudo de propriedades de termoluminescência e ressonância paramagnética eletrônica de lapis lazuli [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/43/43134/tde-24062015-163152/pt-br.php
    • Vancouver

      Silva Carrera BN, Watanabe S. Estudo de propriedades de termoluminescência e ressonância paramagnética eletrônica de lapis lazuli [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/43/43134/tde-24062015-163152/pt-br.php

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: