Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Avaliação dos efeitos do laser terapêutico de baixa intensidade sobre feridas cutâneas em ratos submetidos à injeção controlada de nicotina (2014)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CORREIA, SAMANTHA BATISTA AMUI - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Sigla do Departamento: RCA
  • Subjects: LASER NÃO CIRÚRGICO; FUMO; CICATRIZAÇÃO
  • Language: Português
  • Abstract: A cicatrização de feridas cutâneas consiste em uma cascata de eventos celulares e moleculares, que interagem, para que ocorra a repavimentação e a reconstituição do tecido lesado. A qualidade deste processo, o tempo e a presença ou não de complicações, pode sofrer influência de fatores locais ou sistêmicos, dentre eles o tabaco. A partir disso, este estudo objetivou verificar, se o uso de laserterapia de baixa intensidade atua como fator coadjuvante e otimizador no tratamento de feridas cutâneas experimentalmente produzidas em ratos controles e em animais sob os efeitos de injeção controlada de nicotina, objetivando-se demonstrar, se há aceleração no reparo tecidual. Foram utilizados 84 ratos albinos-Wistar, divididos em quatro grupos de 21 animais cada: um grupo controle (GC), representado por animais submetidos à lesão cutânea experimental e não tratados com laserterapia; um grupo lesão-irradiação (GLIr), representado por animais submetidos à lesão cutânea e irradiação laser 670nm com intensidade de 6 J/cm2 por 13 dias alternados; um grupo lesão-nicotina (GLN), representado por animais submetidos a lesão cutânea e inoculação de nicotina subcutânea; e um grupo lesão-nicotina-irradiação (GLNIr), representado por animais submetidos a lesão, inoculação de nicotina subcutânea e à irradiação laser 670nm com intensidade de 6 J/cm2 por 13 dias alternados. Por meio de "punch" produziu-se úlcera experimental de 1cm de diâmetro em dorso de ratos. Registraram-se os perímetros das lesões, imediatamente após a sua produção e após o 3°, 7° e 14° dia pós-lesão e tratamento com laserterapia. Ao final de cada fase experimental, a cicatrização foi avaliada através de análise macroscópica, histológica e morfométrica. Sob o aspecto macroscópico as lesões cutâneas dos grupos GC, GLIr e GLNIr apresentaram fechamento completo e as do grupo GLIr apresentaram maiormaturação no 14° dia. A análise histológica demonstrou, qualitativamente, que o processo de cicatrização foi mais avançado em todas as fases do grupo GLIr em relação ao grupo GC. O grupo GLNIr apresentou cicatrização mais completa que o grupo GLN no 14° dia pós-lesão, enquanto que o grupo GLN comparado ao grupo GC apresentou retardo nas etapas dessa cicatrização principalmente a partir do 07° dia pós-lesão. Com relação à redução da área da lesão, o grupo GLN apresentou contração da ferida significativamente menor em relação aos demais grupos (p≤0,05). O grupo GLIr apresentou quantidade de infiltrado inflamatório significativamente menor ao longo de todo o tempo experimental, uma quantidade de fibras colágenas totais e colágeno tipo I significativamente maior, principalmente no 14° dia pós-lesão. Observou-se também maior densidade de vasos sanguíneos em valores absolutos mesmo não sendo encontradas diferenças estatísticas quando comparado aos demais grupos. O grupo GLNIr apresentou fechamento completo da ferida, semelhante ao encontrado no GC, redução expressiva de infiltrado inflamatório, principalmente no 14° dia pós lesão, porém apresentou deposição de fibras colágenas imaturas, ao longo de todo o tempo experimental, e a densidade de vasos sanguíneos foi semelhante ao encontrado no grupo GLN. Concluiu-se que a laserterapia utilizada foi capaz de acelerar o processo de reparo de feridas cutâneas, em ratos controles/normais e sob influência de nicotina.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 15.12.2014

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMRP11200066737Correia, Samantha Batista Amui
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CORREIA, Samantha Batista Amui; THOMAZINI, José Antônio. Avaliação dos efeitos do laser terapêutico de baixa intensidade sobre feridas cutâneas em ratos submetidos à injeção controlada de nicotina. 2014.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2014.
    • APA

      Correia, S. B. A., & Thomazini, J. A. (2014). Avaliação dos efeitos do laser terapêutico de baixa intensidade sobre feridas cutâneas em ratos submetidos à injeção controlada de nicotina. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Correia SBA, Thomazini JA. Avaliação dos efeitos do laser terapêutico de baixa intensidade sobre feridas cutâneas em ratos submetidos à injeção controlada de nicotina. 2014 ;
    • Vancouver

      Correia SBA, Thomazini JA. Avaliação dos efeitos do laser terapêutico de baixa intensidade sobre feridas cutâneas em ratos submetidos à injeção controlada de nicotina. 2014 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: