Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Impacto dos fatores infecciosos e mecânicos na sobrevida do cateter temporário para hemodiálise em pacientes cardiopatas com injúria renal aguda (2015)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SILVA, SIRLEI CRISTINA DA - FM
  • USP Schools: FM
  • Subjects: RIM (LESÕES); FATORES DE RISCO; PACIENTES INTERNADOS; ESTUDOS PROSPECTIVOS; CATETERISMO VENOSO CENTRAL; CATÉTERES DE DEMORA (EFEITOS ADVERSOS)
  • Keywords: Acute kidney injury; Cateteres venosos centrais; Catheter-related infection; Central venous catheter; Estudo retrospectivo; Fatores de risco; Hemodiálise; Hemodialysis; Hospitalized patients; Infecções relacionadas a cateter; Injúria renal aguda; Pacientes internados; Retrospective studies; Risk factors
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: A injúria renal aguda vem se apresentando como uma complicação frequente na população no contexto intra-hospitalar, e as terapias de substituição renal são empregadas como método de tratamento. Neste cenário, o cateter temporário para hemodiálise tornou-se um dispositivo essencial à terapêutica. Todavia, as complicações mecânicas e infecciosas tornaram-se eventos associados à prestação de assistência à saúde, acarretando índices elevados de morbidade e mortalidade nos pacientes acometidos por injúria renal aguda em hemodiálise. Objetivos: avaliar os fatores associados à retirada do cateter temporário para hemodiálise, bem como os motivos relacionados à solicitação de hemocultura e os fatores associados à infecção da corrente sanguínea relacionada ao cateter temporário para hemodiálise. Pacientes e Métodos: trata-se de um estudo observacional retrospectivo, envolvendo pacientes internados em um hospital público universitário de alta complexidade especializado em Cardiologia e Pneumologia, da cidade de São Paulo, Brasil. O estudo foi realizado no período de 01de julho de 2009 - 31de dezembro de 2010, sendo aprovado pela Comissão de Ética para análise de Projetos de Pesquisa (CAPPesq) do HCFMUSP nº0342/11. Resultados: foram avaliados 1.140 pacientes, atendidos pelo serviço de Nefrologia da instituição, dos quais 723 pacientes foram excluídos por não atenderem aos critérios de inclusão e 417 pacientes compuseram a amostra; 657 cateteres temporários foram utilizados durante o período.Os cateteres apresentaram duração média de 13 dias. O fluxo sanguíneo insuficiente para manutenção da hemodiálise foi a principal complicação mecânica associada à retirada do cateter temporário (30,7%), enquanto os fatores relacionados à infecção foram responsáveis por 31,1% dos casos, sendo a febre o principal sinal flogístico. A análise de Kaplan-Meier demonstrou maior sobrevida dos cateteres relacionados aos fatores infecciosos. A infecção da corrente sanguínea (ICS) relacionada ao cateter temporário para hemodiálise foi diagnosticada em 5,5% da população, com taxa de infecção de 5,54/1.000 cateteres-dia. Patógenos Gram negativos foram responsáveis por 52% dos casos de ICS-laboratorial, com predomínio das bactérias da família Enterobacteriacea; seguidas por germes Gram positivos (26%), sendo o Sthapylococcus spp de maior incidência e os fungos representados pela Candida não albicans (22%). Conclusões: fluxo sanguíneo insuficiente foi a principal causa mecânica para a retirada do cateter temporário para hemodiálise. No que concerne aos aspectos infecciosos, demostrou-se a necessidade de vigilância epidemiológica permanente, tendo em vista as altas taxas de suspeita infecciosa. A infecção da corrente sanguínea relacionada ao cateter temporário para hemodiálise apresentou taxas superiores aos preconizados em diretrizes internacionais. Finalmente, o perfil microbiológico identificado sugere predomínio da rota endoluminal de contaminação
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 10.02.2015
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FM2689008-10W4.DB8 SP.USP FM-1 S633im 2014
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SILVA, Sirlei Cristina da; YU, Luis. Impacto dos fatores infecciosos e mecânicos na sobrevida do cateter temporário para hemodiálise em pacientes cardiopatas com injúria renal aguda. 2015.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5148/tde-12052015-085929/ >.
    • APA

      Silva, S. C. da, & Yu, L. (2015). Impacto dos fatores infecciosos e mecânicos na sobrevida do cateter temporário para hemodiálise em pacientes cardiopatas com injúria renal aguda. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5148/tde-12052015-085929/
    • NLM

      Silva SC da, Yu L. Impacto dos fatores infecciosos e mecânicos na sobrevida do cateter temporário para hemodiálise em pacientes cardiopatas com injúria renal aguda [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5148/tde-12052015-085929/
    • Vancouver

      Silva SC da, Yu L. Impacto dos fatores infecciosos e mecânicos na sobrevida do cateter temporário para hemodiálise em pacientes cardiopatas com injúria renal aguda [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5148/tde-12052015-085929/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: