Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Modelagem ambiental e análise qualitativa comparativa de políticas de implantação de gás natural veicular em ônibus (2015)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: BRITO, THIAGO LUIS FELIPE - IEE
  • USP Schools: IEE
  • Subjects: GÁS NATURAL (ASPECTOS AMBIENTAIS); TRANSPORTE URBANO
  • Keywords: Análise Qualitativa Comparativa; Bottom-Up Environmental Modeling; Emissões Urbanas de Gases; Fuel Shifting; Gás Natural Veicular; Natural Gas Vehicles; Qualitative Comparative Analysis; Substituição de Combustíveis; Sustainable Transport; Transporte Sustentável
  • Language: Português
  • Abstract: Esta dissertação desenvolveu duas análises de natureza diferente, mas complementares, uma vez que são unidas por uma mesma questão. Esta questão diz respeito à utilização do gás natural veicular em substituição ao óleo diesel em ônibus urbanos. O autor argumenta que, devido a suas características técnicas, o gás natural pode contribuir para a promoção de um transporte mais sustentável, mesmo que o gás natural seja um combustível igualmente não renovável, como o óleo diesel. Na primeira análise desenvolvida, utiliza-se uma metodologia bottom-up para demonstrar os ganhos ambientais que podem ser alcançados ao se substituir o óleo diesel por gás natural em ônibus urbanos. Adota-se a cidade de São Paulo como estudo de caso. Esses ganhos ambientais manifestam-se tanto na redução das emissões de poluentes locais, como material particulado, monóxido de carbono e óxidos de enxofre, conduzindo a melhoras importantes na qualidade de vida das pessoas que sofrem os efeitos nocivos dessas emissões (usuários ou não do transporte público urbano), como, também, no declínio das emissões de gases de efeito estufa, especialmente o dióxido de carbono, levando a benefícios ambientais globais. Os resultados amparam o uso do gás natural em ônibus como uma estratégia de maior sustentabilidade no plano ambiental. Já, na segunda análise desenvolvida, a pesquisa levanta as questões seguintes: Quais outros parâmetros influenciam a decisão de se promover a substituição de combustíveis em ônibus urbanos?Quais critérios explicam as escolhas por distintos combustíveis substitutos? As respostas a essas questões são obtidas através de uma Análise Qualitativa Comparativa (AQC). A pesquisa comparou 39 cidades em todo o mundo, que adotaram combustíveis substitutos ao óleo diesel em ônibus urbanos, incluindo o gás natural, biocombustíveis, eletricidade e hidrogênio. Os resultados atestam que as cidades de fato utilizam-se da substituição de combustíveis para tornar o transporte mais sustentável. Observa-se que a opção pelo gás natural é acolhida na maioria dos casos analisados como uma opção com vantagens ambientais e economicamente mais atrativa. A principal razão para sua eventual não adoção identifica-se com a insegurança energética. Algumas cidades receiam depender de um combustível que, assim como o petróleo (do qual o óleo diesel é um derivado), também está afeito a importantes suscetibilidades geopolíticas. A conclusão do trabalho reforça a importância do gás natural como um combustível ambientalmente mais amigável, e que pode contribuir na busca das cidades por sistemas de transporte público mais sustentáveis, especialmente em grandes áreas metropolitanas. Olhando, especificamente, o caso da cidade de São Paulo, com desdobramentos para o Brasil como um todo, a pesquisa enfatiza a necessidade de se superar barreiras regulatórias, e de se comprovar vantagens econômicas e de segurança de suprimento energético, para que o gás natural possa confirmar-se atrativo e maissustentável aos olhares dos gestores dos sistemas de transporte público urbanos. Esses temas não podem ser deslembrados ao se propor uma política mais racional de combustíveis para o transporte público das grandes cidades brasileiras
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 10.02.2015

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    IEE30400007020D-PPGE/USP T.637di
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BRITO, Thiago Luis Felipe; SANTOS, Edmilson Moutinho dos. Modelagem ambiental e análise qualitativa comparativa de políticas de implantação de gás natural veicular em ônibus. 2015.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015.
    • APA

      Brito, T. L. F., & Santos, E. M. dos. (2015). Modelagem ambiental e análise qualitativa comparativa de políticas de implantação de gás natural veicular em ônibus. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Brito TLF, Santos EM dos. Modelagem ambiental e análise qualitativa comparativa de políticas de implantação de gás natural veicular em ônibus. 2015 ;
    • Vancouver

      Brito TLF, Santos EM dos. Modelagem ambiental e análise qualitativa comparativa de políticas de implantação de gás natural veicular em ônibus. 2015 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: