Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Estudo de mecanismos anti-hipertensivos do nitrito de sódio na hipertensão renovascular experimental (2014)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: PINHEIRO, LUCAS CÉZAR - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Sigla do Departamento: RFA
  • Subjects: ÓXIDO NÍTRICO; HIPERTENSÃO; FÁRMACOS GASTRINTESTINAIS
  • Keywords: Nitrato; Nitrito; Nitrosotióis; Omeprazol; Hypertension; Nitrate; Nitrite; Nitrosothiols; Omeprazole
  • Language: Português
  • Abstract: O NO regula diversos sistemas orgânicos. No sistema cardiovascular participa ativamente na regulação do tônus vascular entre outras funções. Disfunções na produção ou disponibilidade de NO podem comprometer sua atuação fisiológica. No âmbito vascular isto pode participar da hipertensão. Além da produção de NO pelas óxido nítrico sintases, outras vias paralela de produção fisiológica de NO a partir do nitrito tem sido descritas. O nitrito é o produto inicial da oxidação do NO, sendo posteriormente oxidado a nitrato. Sabe-se que estas três moléculas formam um ciclo dentro do organismo, onde o nitrato é excretado na saliva e convertido a nitrito pelas bactérias bucais. Este nitrito é deglutido com a saliva e exerce seus efeitos, através da conversão a NO. A conversão de nitrito a NO pode ocorrer de forma enzimática ou não enzimática. Como forma não enzimática, o nitrito é convertido a NO pela reação com H-+.Esta redução ocorre principalmente no estômago. Esta tese visa elucidar possíveis mecanismos responsáveis pelos efeitos anti-hipertensivos do nitrito de sódio. Avaliamos ratos 2 rins 1 clipe (2R1C) tratados com nitrito e nitrato e verificamos os efeitos anti-hipertensivo destes. De forma Interessante, o aumento do pH gástrico com omeprazol impediu o efeito anti-hipertensivo tanto do nitrito quanto do nitrato. O omeprazol não gerou qualquer diferença na concentração plasmática de nitrito e nitrato. Foi verificado que o tratamento com nitrito e nitrato resultou em aumento das espécies nitrosiladas no plasma e este aumento foi impedido pelo omeprazol. Também testamos a influência do ciclo entero-salivar no efeito do nitrito e nitrato. Verificamos que o tratamento com enxaguante bucal levou ao bloqueio do efeito anti-hipertensivo do nitrato, mas não alterou este efeito nos animais tratados com nitrito. Em todas as abordagens experimentais o efeitoanti-hipertensivo do nitrito apenas ocorreu quando houve aumento da concentração plasmática de espécies nitrosiladas.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 18.12.2014
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMRP11200066764Pinheiro, Lucas Cezar
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PINHEIRO, Lucas Cezar; SANTOS, José Eduardo Tanus dos. Estudo de mecanismos anti-hipertensivos do nitrito de sódio na hipertensão renovascular experimental. 2014.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17133/tde-18032015-230532/ >.
    • APA

      Pinheiro, L. C., & Santos, J. E. T. dos. (2014). Estudo de mecanismos anti-hipertensivos do nitrito de sódio na hipertensão renovascular experimental. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17133/tde-18032015-230532/
    • NLM

      Pinheiro LC, Santos JET dos. Estudo de mecanismos anti-hipertensivos do nitrito de sódio na hipertensão renovascular experimental [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17133/tde-18032015-230532/
    • Vancouver

      Pinheiro LC, Santos JET dos. Estudo de mecanismos anti-hipertensivos do nitrito de sódio na hipertensão renovascular experimental [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17133/tde-18032015-230532/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: