Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Combinação da expressão dos miRs-21, -23a, -100, -107, -181c e -210 teciduais e plasmáticos com o CA 19-9 sérico no diagnóstico do adenocarcinoma pancreático (2014)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: VIEIRA, NIVALDO FARIAS - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Sigla do Departamento: RCA
  • Subjects: ADENOCARCINOMA; PÂNCREAS; BIOMARCADORES
  • Language: Português
  • Abstract: O diagnóstico diferencial, o tratamento e o prognóstico do adenocarcinoma de pâncreas (AP) ainda desafiam a prática clínica. O objetivo desse estudo é avaliar o papel da expressão dos microRNAs (miRNAs) -21, -23a, -100, -107, -181c e -210 teciduais e plasmáticos e, em combinação com o CA-19-9, no diagnóstico do AP. Foram utilizadas amostras de tecido (Grupo APt, n=18), de plasma (Grupo APp, n=13) e da região paratumoral (Grupo PPT, n=9) de pacientes com AP, do tecido pancreático de doadores cadáveres ou de pacientes submetidos à pancreatectomia por trauma (Grupo PN, n=7) e do plasma de voluntários saudáveis (Grupo PC, n=6). Verificou-se a expressão do painel dos miRNAs selecionados em todos os grupos, mediante reação de cadeia de polimerase reversa (RT-PCR), bem como a concentração sérica do CA19-9 nos grupos APt e PN. No tecido, existe diferença na expressão do miRNA-21 (p=0,005) e do miRNA-210 (p=0,008) entre os grupos APt, PN e PPT; o miRNA-21 discrimina o grupo APt de PN e PPT e o miRNA-210 discrimina o grupo APt do PN. Na comparação dos grupos APt e PN, a acurácia do CA 19-9 sérico foi de 88% (AUC-ROC 0,95; 0,84 - 1): sensibilidade de 83% e especificidade de 100%, para o valor limiar de 37,0 ng/dl. No grupo APp há hiperexpressão do miR-181c (IC 95% 1,67 - 17,68; p<0,00001) e do miR-210 (IC 95% 0,16 - 5,20; p=0,03), em relação ao PC. A combinação da expressão dos miR-21 e -210 do tecido tumoral e dos valores séricos do CA19-9 tem acurácia de 100% no diagnóstico do AP. A acurácia do miR-181c no plasma (APp x PC) foi de 100%. Os achados revelam que a combinação da expressão de miRNAs teciduais e dos valores do CA19-9 aumenta a acurácia no diagnóstico do AP, mas a expressão de miRNA no plasma pode servir como um teste de diagnóstico não invasivo. Todavia, novos estudos são necessários para validar esses resultados, bem como para avaliar a utilidade dessesbiomarcadores e suas associações com a sobrevivência e a resposta à terapia do AP.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 01.12.2014

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMRP11200066754Vieira, Nivaldo Farias
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      VIEIRA, Nivaldo Farias; SANTOS, José Sebastião dos. Combinação da expressão dos miRs-21, -23a, -100, -107, -181c e -210 teciduais e plasmáticos com o CA 19-9 sérico no diagnóstico do adenocarcinoma pancreático. 2014.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2014.
    • APA

      Vieira, N. F., & Santos, J. S. dos. (2014). Combinação da expressão dos miRs-21, -23a, -100, -107, -181c e -210 teciduais e plasmáticos com o CA 19-9 sérico no diagnóstico do adenocarcinoma pancreático. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Vieira NF, Santos JS dos. Combinação da expressão dos miRs-21, -23a, -100, -107, -181c e -210 teciduais e plasmáticos com o CA 19-9 sérico no diagnóstico do adenocarcinoma pancreático. 2014 ;
    • Vancouver

      Vieira NF, Santos JS dos. Combinação da expressão dos miRs-21, -23a, -100, -107, -181c e -210 teciduais e plasmáticos com o CA 19-9 sérico no diagnóstico do adenocarcinoma pancreático. 2014 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: