Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

A dimensão comunicacional da estratégia: a estratégia organizacional como prática comunicativa na secretaria de Estado de Fazenda de Minas Gerais (2014)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: LIMA, FÁBIA PEREIRA - ECA
  • USP Schools: ECA
  • Subjects: COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL; ESTRATÉGIA ORGANIZACIONAL; COMUNICAÇÃO (ASPECTOS SOCIAIS); COMUNICAÇÃO (ASPECTOS POLÍTICOS); BALANCED SCORECARD; ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA
  • Keywords: Comunicação governamental; Comunicação pública; Estratégia como prática; Governmental Communication; Organizational Communication; Public Communication; Strategy as Practice
  • Language: Português
  • Abstract: Esta pesquisa teve como objetivo compreender como os sujeitos organizacionais praticam a estratégia a partir de processos de gestão estratégica e de comunicação que visam coordenar sua ação laboral em torno de um quadro de significados compartilhado para alcance de objetivos institucionais. Para isso, parte de um referencial teórico sobre comunicação fundamentado nos estudos interacionistas - principalmente pelos trabalhos de Mead, Blumer, Goffman, Quéré e França - articulados com a teoria da prática, de Bourdieu, e da estruturação, de Giddens, que ajudam a compreender a vinculação entre indivíduos, organizações e sociedade. Para apresentar os esforços de gestão da comunicação organizacional, entendidos como prática de relações públicas, discutiram-se os desafios impostos pela busca por legitimação organizacional das organizações contemporâneas e como o pensamento estratégico tem se desenvolvido para, inclusive, dar conta desse objetivo. Em contraposição aos estudos clássicos da estratégia, que a tomam pela perspectiva gerencial, assume-se como núcleo teórico a Nova Teoria da Estratégia, proposta por Pérez e Massoni, que fundamenta a estratégia na comunicação, articulada com a corrente da estratégia como prática trazida, dentre outros, por Whittington, Golsorkhi, Jarzabkowski e Orlikowski. Para contextualização das análises, situa-se o objeto nas discussões sobre gestão pública e comunicação públicas contemporâneas, descrevendo o processo de implantação da gestão por resultados e do choque de gestão em Minas Gerais. Assim, para tratar da especificidade da implementação do Balanced Scorecard (BSC) na Secretaria de Fazenda de Minas Gerais (SEF/MG), elegeu-se uma abordagem metodológica de natureza qualitativa, com estudo de caso único, baseada na hermenêutica de profundidade proposta por Thompson e na Análise Crítica do Discurso, por Fairclough.Após pesquisa institucional que trouxe as principais definições estratégicas e esforços formais de comunicação da instituição, analisou-se o material por ela produzido, sobre sua estratégia, pautado nos princípios do Balanced Scorecard e da comunicação mobilizadora, buscando evidenciar os modos como a Fazenda interpela seus servidores no intuito de criar um quadro de significados compartilhado que oriente suas ações para o alcance dos seus objetivos corporativos. A prática da estratégia foi analisada a partir da observação de treze reuniões de Avaliação de Desempenho Estratégico (ADE), realizadas no 3º trimestre de 2013. Considerou-se como eixos de análise a caracterização dos praticantes da estratégia (os estrategistas da SEF/MG), das práticas que envolvem a gestão estratégica (local, recursos tecnológicos, humanos e simbólicos) e da prática situada da reunião de ADE como prática comunicativa (já que social e discursiva) da Fazenda. Propõe-se, assim, uma matriz conceitual para defender a indissociabilidade entre comunicação e estratégia, possibilitando situar as ações estratégicas (essencialistas ou práticas) e comunicacionais (transmissivas ou relacionais) das organizações, de modo a fomentar a reflexão crítica sobre elas. O estudo demonstrou que, na SEF/MG, a metodologia de gestão da estratégia - o BSC - está alinhada com a concepção da estratégia enquanto essência. No entanto, enquanto o BSC se estrutura em torno da possibilidade de que o conteúdo da estratégia, elaborado pela cúpula organizacional, seja transmitido ao corpo dos funcionários, a noção de comunicação mobilizadora é relacional. A defesa da tese é que análises dessa natureza sejam valorizadas como contribuição relevante ao estudo e prática da comunicação e da estratégia nas e das organizações, evidenciando, não os resultados do alinhamento dos sujeitos organizacionais emrelação à estratégia (eficácia dos processos), mas, antes, os quadros sígnicos acionados e como eles participam da ação dos sujeitos que, recursivamente, reforçam ou negociam os significados propostos pela organização
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 28.11.2014
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    ECA20100078540t658.45 L732d (corrigida)
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      LIMA, Fábia Pereira; KUNSCH, Margarida Maria Krohling. A dimensão comunicacional da estratégia: a estratégia organizacional como prática comunicativa na secretaria de Estado de Fazenda de Minas Gerais. 2014.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27154/tde-18052015-161558/ >.
    • APA

      Lima, F. P., & Kunsch, M. M. K. (2014). A dimensão comunicacional da estratégia: a estratégia organizacional como prática comunicativa na secretaria de Estado de Fazenda de Minas Gerais. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27154/tde-18052015-161558/
    • NLM

      Lima FP, Kunsch MMK. A dimensão comunicacional da estratégia: a estratégia organizacional como prática comunicativa na secretaria de Estado de Fazenda de Minas Gerais [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27154/tde-18052015-161558/
    • Vancouver

      Lima FP, Kunsch MMK. A dimensão comunicacional da estratégia: a estratégia organizacional como prática comunicativa na secretaria de Estado de Fazenda de Minas Gerais [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27154/tde-18052015-161558/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: