Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

 Resposta do almeirão (Cichorium intybus L.) cultivar "folha larga" cultivado em estufa agrícola sob diferentes lâminas de irrigação (2015)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: FERNANDES, RAFAEL DREUX MIRANDA - ESALQ
  • USP Schools: ESALQ
  • Subjects: ALMEIRÃO; ESTUFAS; IRRIGAÇÃO; EVAPOTRANSPIRAÇÃO
  • Keywords: Estresse hídrico
  • Language: Português
  • Abstract: O almeirão e produzido no Brasil principalmente por pequenos produtores, que geralmente produzem outras culturas hortícolas. O almeirão e principalmente utilizado na alimentação humana, porem com potencial para produção de inulina e também com potencial para alimentação animal. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da aplicação de porcentagens da evapotranspiração da cultura por irrigação na produção vegetal do almeirão cultivar "Folha Larga" cultivado em casa de vegetação. Dois experimentos consecutivos foram executados em delineamento de blocos inteiramente aleatorizados submetidos a cinco porcentagens de evapotranspiração de cultura (ETc): 60, 80, 100, 120 e 140% aplicadas por irrigação via gotejo. A área experimental foi constituída de 45 parcelas de 1,3 m2 cada, sendo que cada parcela possuía uma válvula solenoide para controlar o tempo de funcionamento da irrigação, totalizando nove repetições por tratamento. A umidade do solo foi monitorada por meio de três sondas de TDR (Time Domain Reflectometry), instaladas a 0,05, 0,30 e 0,50 m de profundidade. As condições meteorológicas foram monitoradas utilizando-se uma estação meteorológica, a qual registrava medidas de umidade relativa do ar, temperatura do ar, radiação solar e velocidade do vento, realizando medidas a cada segundo e armazenando os dados a cada 15 minutos. A partir dos dados meteorológicos, estimou-se a evapotranspiração de referencia pelo método de Penman-Monteith FAO-56, e a evapotranspiração dacultura, utilizando-se um coeficiente de cultura médio igual a 0,76. Foram realizados dois experimentos consecutivos, aplicando-se as porcentagens de ETc durante todo o cultivo do almeirão. As variáveis medidas e analisadas foram: altura de plantas (cm), numero de folhas por planta, massa fresca da parte aérea (g), massa fresca por folha (g folha-1), massa seca da parte aérea (g), umidade da parte aérea (%), área foliar (cm2), comprimento foliar (cm) e largura foliar. Utilizou-se os dados de cada tratamento para se realizar a analise de variância conjunta e teste de media ou analise de regressão, sendo que apenas para as variáveis de massa fresca e massa seca da parte aérea foi possível ajustar equações que representassem os dados médios dos dois experimentos. Observou-se que os dados de massa fresca da parte aérea apresentaram-se diretamente proporcionais ao aumento da porcentagem de evapotranspiração, sendo que o tratamento de 140% da ETc foi o que resultou em maior produção de massa fresca da parte aérea, aproximadamente 31,6% superior a produção do tratamento de 60% da ETC. Quanto aos dados de massa seca da parte aérea, observou-se que a porcentagem de 111,1% da evapotranspiração foi a que obteve maior produção de massa seca da parte aérea, sendo 29,3% maior do que a produção em massa seca do tratamento de 60% da evapotranspiração e 9,35% maior do que a obtida no tratamento de 140% da ETc. A partir dos dados de área foliar, comprimento e largura das folhas do primeiroexperimento, foi possível ajustar quatro modelos com resíduos tendendo a normalidade e homocedásticos, os quais foram testados pelo método de Bland-Altman com os dados de área, comprimento e largura foliar do segundo experimento
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 24.04.2015
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    ESABC12700010706t635.54 F363r e.2 108696
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FERNANDES, Rafael Dreux Miranda; FRIZZONE, Jose Antonio.  Resposta do almeirão (Cichorium intybus L.) cultivar "folha larga" cultivado em estufa agrícola sob diferentes lâminas de irrigação. 2015.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2015. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11152/tde-26052015-152116/ >.
    • APA

      Fernandes, R. D. M., & Frizzone, J. A. (2015).  Resposta do almeirão (Cichorium intybus L.) cultivar "folha larga" cultivado em estufa agrícola sob diferentes lâminas de irrigação. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11152/tde-26052015-152116/
    • NLM

      Fernandes RDM, Frizzone JA.  Resposta do almeirão (Cichorium intybus L.) cultivar "folha larga" cultivado em estufa agrícola sob diferentes lâminas de irrigação [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11152/tde-26052015-152116/
    • Vancouver

      Fernandes RDM, Frizzone JA.  Resposta do almeirão (Cichorium intybus L.) cultivar "folha larga" cultivado em estufa agrícola sob diferentes lâminas de irrigação [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11152/tde-26052015-152116/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: