Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Aplicação do transdutor magnetoacústico em estudos gástricos: in vitro e in vivo (2015)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: BRUNO, ALEXANDRE COLELLO - FFCLRP
  • USP Schools: FFCLRP
  • Sigla do Departamento: 591
  • Subjects: ULTRASSOM; ELETROMAGNETISMO; TÉCNICAS DE DIAGNÓSTICO DO SISTEMA DIGESTÓRIO
  • Keywords: Hybrid probe; magnetomotriz; MMUs; Transdutor híbrido; Ultrasound; Ultrassom
  • Language: Português
  • Abstract: A proposta deste trabalho foi desenvolver e avaliar as aplicações do transdutor magnetoacústico, em estudos in vitro e in vivo como ferramenta para o diagnóstico clínico, inicialmente para a análise de motilidade gastrintestinal. Na primeira etapa, a intensidade do campo magnético foi mapeada e ajustada, o melhor processamento para os dados foi definido e a viabilidade do uso de nanopartículas como marcadores foi contatada. Nos estudos in vivo, realizados em ratos, avaliou-se o potencial do transdutor híbrido para análise do esvaziamento gástrico, de alimentos marcado com partículas magnéticas, comparando os dados susceptométricos (padrão ouro) com os acústicos. O esvaziamento foi relacionado com a variação de área do estômago no tempo, que foi demarcada nas imagens de ultrassom usando a vibração das partículas como contraste. Outras variações e aplicações da ultrassonografia magnetomotriz foram investigadas, usando a excitação magnética pulsada (antes harmônica), aumentando a taxa de aquisição das imagens e gerando imagens elastográficas em fantomas. A produção e detecção de Shaer Waves (elastografia absoluta) também foi avaliada em outros fantomas com uma esfera de ferrita, sem e com uma inclusão mais rígida. A ultrassonografia magnetomotriz pulsada e o processamento vinculado a ela foram capazes de gerar as shear waves, através de puxões magnéticos na esfera de ferrita, e estimar a velocidade de propagação dessas. Com esta velocidade, estimaram-se os coeficientes elásticoe viscoso dos meios de propagação. Portanto, o transdutor magnetoacústico, avaliado de diversas formas nesse trabalho, apresentou-se como uma potencial ferramenta para diagnóstico da motilidade gástrica in vivo, usando tanto a ultrassonografia magnetomotriz harmônica como a pulsada. As técnicas de processamento podem ser convencionais (modos Doppler, Power Doppler e elastográficos) ou dedicadas, as quais podem detectar deslocamentos, deformações ou propagação de ondas sísmicas; suas aplicações não se limitam ao estômago e nem os diagnósticos in vivo.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 23.01.2015
  • Acesso online ao documento

    Acesso à fonte or search this record in

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BRUNO, Alexandre Colello; CARNEIRO, Antonio Adilton Oliveira. Aplicação do transdutor magnetoacústico em estudos gástricos: in vitro e in vivo. 2015.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2015. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59135/tde-22042015-153203/ >.
    • APA

      Bruno, A. C., & Carneiro, A. A. O. (2015). Aplicação do transdutor magnetoacústico em estudos gástricos: in vitro e in vivo. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59135/tde-22042015-153203/
    • NLM

      Bruno AC, Carneiro AAO. Aplicação do transdutor magnetoacústico em estudos gástricos: in vitro e in vivo [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59135/tde-22042015-153203/
    • Vancouver

      Bruno AC, Carneiro AAO. Aplicação do transdutor magnetoacústico em estudos gástricos: in vitro e in vivo [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59135/tde-22042015-153203/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2019