Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Da irresistível peleja entre piratas e tubarões: um estudo sobre a parceria Brecht/Weill (2014)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: PASTORELLI, VINíCIUS MARQUES - FFLCH
  • USP Schools: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLT
  • Subjects: TEATRO; MÚSICA; TEATRO ÉPICO; ÓPERA
  • Keywords: Anti-capitalism; Anticapitalismo; Frank Wedekind; Frank Wedekind; Gebrauschmusik; Gebrauschmusik; Neue Musik; Neue Musik; Novembergruppe; Novembergruppe
  • Language: Português
  • Abstract: Sob a perspectiva de um reexame do momento de formação do teatro épico contemporâneo, esta dissertação consiste num estudo sobre o trabalho colaborativo de Bertolt Brecht e Kurt Weill nos anos de 1926 a 1933, com ênfase para o assim chamado teatro de atualidades elaborado pelos artistas. Tomando como linha condutora os três momentos centrais da República de Weimar (a crise de 1919-1923, a estabilização econômica e o craque de 1929) tentamos apreender como lírica, teatro e música confluíram criticamente na criação de um teatro político à altura das questões suscitadas pelo processo histórico de realinhamento capitalista sob o governo de coalizão de esquerda SPD/USPD, bem como de suas complexas implicações na cultura. Para tanto, em diálogo com a crítica literária brasileira e alemã, realizamos uma leitura da obra do jovem Brecht pautada pela questão do reaproveitamento que o dramaturgo fizera da música em seu livro de estreia como lírico, Hauspostille (1927), onde certo veio da cultura urbana anticapitalista dos cabarés da belle époque foi mobilizado, através da influência da lírica e do teatro de Frank Wedekind. Noutro nível, sob a linha condutora do projeto brechtiano de uma ópera culinária, procuramos traçar um apanhado das questões que marcaram a formação da linguagem musical de Kurt Weill, problematizando o desenvolvimento de seu trabalho coletivo com o Novembergruppe, sua abordagem da ópera moderna e da música utilitária e finalmentee seu pensamento sobre aspotencialidades estético-políticas do rádio. O trabalho se conclui, enfim, pela análise de três obras da parceria Brecht/Weill: Berliner Requiem (1929), Mahagonny Songspiel (1927) e A ópera dos três vinténs (1928)
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 24.09.2014
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FFLCH2698664-2012990N
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PASTORELLI, Vinícius Marques; ALMEIDA, Jorge Mattos Brito de. Da irresistível peleja entre piratas e tubarões: um estudo sobre a parceria Brecht/Weill. 2014.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8151/tde-12052015-100649/ >.
    • APA

      Pastorelli, V. M., & Almeida, J. M. B. de. (2014). Da irresistível peleja entre piratas e tubarões: um estudo sobre a parceria Brecht/Weill. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8151/tde-12052015-100649/
    • NLM

      Pastorelli VM, Almeida JMB de. Da irresistível peleja entre piratas e tubarões: um estudo sobre a parceria Brecht/Weill [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8151/tde-12052015-100649/
    • Vancouver

      Pastorelli VM, Almeida JMB de. Da irresistível peleja entre piratas e tubarões: um estudo sobre a parceria Brecht/Weill [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8151/tde-12052015-100649/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: