Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

A essencial participação de IL-6, IL-17 e IL-23 na formação protetora do granuloma pulmonar durante a infecção experimental por Paracoccidioides brasiliensis (2014)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: ROCHA, FERNANDA AGOSTINI - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Sigla do Departamento: RBI
  • Subjects: INTERLEUCINAS; GRANULOMA; PARACOCCIDIOIDES BRASILIENSIS
  • Language: Português
  • Abstract: A paracoccidioidomicose trata-se de uma infecção causado pelo fungo Paracoccidioides brasiliensis, que, entre as micoses sistêmicas, apresenta a maior taxa de mortalidade, sendo um importante problema social. Essa doença é caracterizada pela presença de lesões granulomatosas crónicas e pela persistência do fungo no tecido do hospedeiro em focos quiescentes. Objetivamos, então, investigar o papel de IL-6, IL-17 e IL-23 no mecanismo de resistência ou susceptibilidade à infecção experimental por P. brasiliensis. A principio observamos a presença das citocinas IL-6, IL-17A e IL-23 em lesões de pacientes com PCM. Posteriormente verificamos que a infecção por P. brasiliensis induziu um aumento nos níveis transcricionais e protéicos de IL-6 , IL-17A e IL-23. Ao avaliarmos especificamente, o papel dessas citocinas durante a paracoccidioidomicose experimental, verificamos que a ausência de IL-6, IL-17RA e IL-23 induziu um aumento de leveduras viáveis no baço e pulmão de camundongos infectados, contribuindo para uma maior susceptibilidade à infecção em relação aos camundongos do tipo selvagem. Em paralelo, as análises histopatológicas revelaram que a deficiência de IL-6, IL-17 e IL-23 promoveu o comprometimento na formação de granulomas, inibição de TNF-α e maior replicação do fungo no parênquima pulmonar. A caracterização do perfil inflamatório pulmonar evidenciou que não houve alteração da frequência e do número de células mielóides, como neutrófilos (‘CD11b POT. +’ ‘Ly6G POT. +’), células dendríticas (‘CD11c POT. +’ ‘MHC-II POT. +’) e macrófagos (‘F4/80 POT. +’) entre os diferentes grupos experimentais. Também não foram observadas diferenças nas populações de linfócitos T (‘CD3 POT. +’‘CD4 POT. +’) e de linfócitos B (‘CD3-CD19 POT. +’) em camundongos ‘IL-6 POT. -/-’ ou ‘IL-23 POT. -/-’ infectados. Porém, houve aumento significativodestas populações no tecido pulmonar de camundongos ‘IL-17RA POT. -/-’ em relação ao grupo selvagem infectado por P. brasiliensis. Embora o número de células Th1 (CD4 ‘IFN-y POT. +’) e Treg (‘CD4 POT. +’‘Foxp3 POT. +’) tenha sido similar entre os grupos avaliados, verificamos reduzida expressão de IFN-y e IL-10 no tecido pulmonar de camundongos deficientes de IL-6, IL-17RA e IL-23. Adicionalmente, a principal população celular produtora de IL-17A nos pulmões de animais infectados foi a Th17 (‘CD4 POT. +’‘IL-17A POT. +’), que se mostrou reduzida nos camundongos ‘IL-6 POT. -/-’ e ‘IL-23 POT. -/-’. Além disso, a co-cultura de macrófagos de animais selvagens infectados in vitro com leveduras de P. brasiliensis promoveu a diferenciação de células Th17, porém este efeito foi atenuado em macrófagos de camundongos deficientes de ‘IL-6 POT. -/-’ e ‘IL-23 POT. -/-’. Corroborando com estes dados, a transferência adotiva de macrófagos de camundongos selvagens para ‘IL-6 POT. -/-’, ‘IL-17RA POT. -/-’ ou ‘IL-23 POT. -/-’ ocasionou na redução da carga fúngica no pulmão destes camundongos em relação aos animais sem transferência. Os camundongos ‘IL-6 POT. -/-’ que receberam a transferência adotiva de macrófagos WT recuperaram a capacidade de desenvolver granulomas. Em conjunto, esses resultados nos permitem concluir que as citocinas IL-6, IL-17A e IL-23 participam da modulação da resposta imune e da formação de granuloma e desta forma, contribuem para a resistência à infecção durante a paracoccidioidomicose experimental
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 18.07.2014

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMRP11200066530Rocha, Fernanda Agostini
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ROCHA, Fernanda Agostini; SILVA, João Santana da. A essencial participação de IL-6, IL-17 e IL-23 na formação protetora do granuloma pulmonar durante a infecção experimental por Paracoccidioides brasiliensis. 2014.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2014.
    • APA

      Rocha, F. A., & Silva, J. S. da. (2014). A essencial participação de IL-6, IL-17 e IL-23 na formação protetora do granuloma pulmonar durante a infecção experimental por Paracoccidioides brasiliensis. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Rocha FA, Silva JS da. A essencial participação de IL-6, IL-17 e IL-23 na formação protetora do granuloma pulmonar durante a infecção experimental por Paracoccidioides brasiliensis. 2014 ;
    • Vancouver

      Rocha FA, Silva JS da. A essencial participação de IL-6, IL-17 e IL-23 na formação protetora do granuloma pulmonar durante a infecção experimental por Paracoccidioides brasiliensis. 2014 ;