Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Mapeamento de QTL (Quantitative Trait Loci) associados à resposta do maracujá-doce à bacteriose usando a abordagem de modelos mistos (2015)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: PINHEIRO, CASSIA RENATA - ESALQ
  • USP Schools: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LGN
  • Subjects: BACTÉRIAS FITOPATOGÊNICAS; BACTERIOSE VEGETAL; MANCHA BACTERIANA; MAPEAMENTO GENÉTICO; MARACUJÁ; MELHORAMENTO GENÉTICO VEGETAL; XANTHOMONAS
  • Language: Português
  • Abstract: O maracujazeiro-doce (Passiflora alata Curtis) é uma espécie de cruzamento e diploide (2n = 18) que vem se destacando no Brasil por alcançar melhores cotações no mercado de frutas. Apesar disso, é sensível às adversidades em monocultura, sendo extremamente afetada por variações climáticas, pragas e doenças, dentre elas, a bacteriose causada por Xanthomonas axonopodis pv. passiflorae. O patógeno é endêmico no país, apresentando considerável variabilidade genética nas populações naturais. O presente trabalho teve como objetivo contribuir para o melhoramento genético do maracujazeiro-doce por meio do mapeamento de QTL (Quantitative Trait Loci) relacionados à resistência à bacteriose de uma população F1 segregante, composta de 100 indivíduos e oriunda do cruzamento simples entre dois acessos não endogâmicos. A população foi mantida em casa de vegetação, em delineamento em blocos ao acaso, e foi inoculada com três isolados bacterianos, M129, PA8-2 e AP302, durante 2010, 2012 e 2013, respectivamente. Aos 14 dias após a inoculação, as folhas foram fotografadas e a partir das imagens digitalizadas foram mensuradas as áreas: sadia, de clorose, necrose e lesão (soma das áreas de clorose e necrose), além da área total da folha. Inicialmente, foi realizada uma análise exploratória dos dados e subsequentemente foram selecionados os caracteres área de necrose e de lesão foliar para fins de mapeamento de QTL. Para tanto foi usada uma estratégia desenvolvida para a detecção de QTL em F1segregantes, com base em modelos mistos, considerando diferentes estruturas de variância e covariância, visando explicar os padrões de variação existentes. A herdabilidade variou de 14% a 64% para o carater necrose, e se manteve estável (28%) para o carater área de lesão, nos três anos de avaliação. Com base em um mapa de ligação integrado previamente construído, foi realizado o mapeamento de QTL por intervalo composto. Foram identificados 20 QTL, sendo 9 deles referentes à necrose e 11 referentes à lesão. Os efeitos individuais variaram de 0,2% a 15,7%, sendo que dois QTL de maior efeito (R² = 15,7%) foram identificados em resposta ao isolado PA8-2, um localizado no grupo de ligação III e o outro no IV do mapa genético integrado do maracujazeiro-doce. Essas informações, aliadas a outros estudos relacionados à produção de frutos, devem contribuir para o melhoramento do maracujazeiro-doce
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 29.05.2015
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    ESABC12700010380t634.425 P654m e.2 108961
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PINHEIRO, Cassia Renata; VIEIRA, Maria Lucia Carneiro. Mapeamento de QTL (Quantitative Trait Loci) associados à resposta do maracujá-doce à bacteriose usando a abordagem de modelos mistos. 2015.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2015. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-23062015-161305/ >.
    • APA

      Pinheiro, C. R., & Vieira, M. L. C. (2015). Mapeamento de QTL (Quantitative Trait Loci) associados à resposta do maracujá-doce à bacteriose usando a abordagem de modelos mistos. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-23062015-161305/
    • NLM

      Pinheiro CR, Vieira MLC. Mapeamento de QTL (Quantitative Trait Loci) associados à resposta do maracujá-doce à bacteriose usando a abordagem de modelos mistos [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-23062015-161305/
    • Vancouver

      Pinheiro CR, Vieira MLC. Mapeamento de QTL (Quantitative Trait Loci) associados à resposta do maracujá-doce à bacteriose usando a abordagem de modelos mistos [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-23062015-161305/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: