Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Codetecção de bactérias em pacientes com adenoamigdalite crônica (2015)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: PRATES, MIRELA CRISTINA MOREIRA - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Sigla do Departamento: ROO
  • Subjects: BACTÉRIAS; ADENOIDES; AMIGDALITE DE REPETIÇÃO; REAÇÃO EM CADEIA POR POLIMERASE
  • Keywords: Adenoamigdalite crônica; PCR em tempo real; Bacteria; Chronic adenoamigdalite; Real time PCR
  • Language: Português
  • Abstract: As tonsilas palatinas e adenoides são órgãos linfoides epiteliais do trato respiratório superior, onde ocorre o primeiro contato entre antígenos inalados e células de defesa do hospedeiro. O tecido adenoamigdaliano está em contato constante com uma grande diversidade de bactérias e vírus, que se reflete na elevada taxa de detecção de patógenos bacterianos e virais nesses tecidos, mesmo que saudáveis. Infecções crônicas ou repetidas nas mucosas dos tecidos linfoides podem desencadear o desenvolvimento de um estado inflamatório crônico e a presença de hiperplasia tecidual. Esse estado está associado com inúmeras complicações como rinussinusites de repetição, ronco, obstrução nasal, disfunção da tuba auditiva, apnéia obstrutiva do sono, otite média, alterações do desenvolvimento facial, desenvolvimento comportamental. Por isso, este trabalho tem como objetivo principal analisar co-detecções das principais bactérias da microbiota respiratória humana (Streptococcus pneumoniae, Staphylococcus aureus, Haemophylus influenzae, Moraxella catahrralis e Pseudomonas aeruginosa) de pacientes com e sem adenoamigdalite crônica através da técnica de PCR em tempo real. Tivemos como principal bactéria detectada em nosso estudo H. influenzae, que foi encontrada em altos níveis na amígdala e adenoide. Já nas secreções, a bactéria de maior frequência encontrada foi S. pneumoniae. Os resultados de comparação entre os 2 grupos (pacientes com a doença e sem a mesma) não foram estatisticamente significantes, porém não menos importante, mostrando que os principais agentes comensais que colonizam o trato aéreo superior (Streptococcus pneumoniae, Haemophylus influenzae e Moraxella catahrralis) sao elevados em ambos os grupos, e que provavelmente não são fundamentais na fisiopatogenia da hipertrofia adenoamigdaliana/tonsilites de repetição. Como conclusão podemos observar que as bactériasH. influenzae, M. catarrhalis e S. pneumoniae tiveram altas frequências de detecção em amígadalas, adenoides e lavados nasofaríngeo de crianças sem hipertrofia tonsilar e sintomatologia de infecção respiratória. Além disso, não houve maiores frequências de detecção de bactérias presentes na microbiota em pacientes com hipertrofia tonsilar do que em controles e diferentemente das demais bactérias, houve concordância moderada ou boa nas detecções de M. catarrhalis e H. influenzae entre adenoide e amígdada de indivíduos sem sintomas respiratórios
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 26.02.2015
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMRP11200066922Prates, Mirela C. Moreira
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PRATES, Mirela Cristina Moreira; TAMASHIRO, Edwin. Codetecção de bactérias em pacientes com adenoamigdalite crônica. 2015.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2015. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17151/tde-22062015-152409/ >.
    • APA

      Prates, M. C. M., & Tamashiro, E. (2015). Codetecção de bactérias em pacientes com adenoamigdalite crônica. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17151/tde-22062015-152409/
    • NLM

      Prates MCM, Tamashiro E. Codetecção de bactérias em pacientes com adenoamigdalite crônica [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17151/tde-22062015-152409/
    • Vancouver

      Prates MCM, Tamashiro E. Codetecção de bactérias em pacientes com adenoamigdalite crônica [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17151/tde-22062015-152409/