Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Priorização de fármacos em água destinada ao consumo humano baseada em avaliação da toxicidade e do comportamento ambiental por  meio de modelos computacionais (in silico) para fins de gestão ambiental (2015)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SANTOS, CARLOS EDUARDO MATOS DOS - FSP
  • USP Schools: FSP
  • Subjects: CONTAMINAÇÃO; MEIO AMBIENTE; FÁRMACOS; TOXICOLOGIA AMBIENTAL; RELAÇÕES ESTRUTURA-ATIVIDADE; TOXICOLOGIA
  • Keywords: Comportamento Ambiental; Contaminação Ambiental; Environmental Contamination; Environmental Fate; In Silico Models; Índice de Prioridade; Modelos in Silico; PBT; PBT; Pharmaceuticals; Priority Index; Toxicidade; Toxicity
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: É cada vez mais preocupante a escassez de água e a qualidade dos recursos hídricos. Nas últimas décadas diversos estudos têm apontado a presença de fármacos em água destinada ao consumo humano, caracterizando a existência de rotas de exposição que podem representar riscos para a saúde humana e meio ambiente. Devido a escassez de dados sobre o comportamento ambiental e toxicidade na exposição crônica a baixas doses a fármacos, sua ocorrência em água é uma preocupação para comunidade científica, reguladores e população. Diversos estudos recentes têm sugerido critérios para a definição de fármacos prioritários, ou seja, abordagens com componentes ou fatores que atribuem grau de relevância aos contaminantes. Devido aos altos custos e necessidade de testes adicionais, uma das alternativas propostas para avaliação do comportamento ambiental e toxicidade têm sido os modelos in silico. Objetivos: Estudar o comportamento ambiental e o potencial de toxicidade de ingredientes farmacêuticos ativos(IFAs) para fins de identificação de contaminantes prioritários por meio da aplicação de ferramentas computacionais e modelos in silico. Métodos: Foram selecionados fármacos considerados relevantes para o Brasil conforme critérios de inclusão específicos. Para os fármacos selecionados, foram realizadas buscas de dados experimentais em bases de dados de agências internacionais e predições de propriedades físico-químicas, transporte e mobilidade no ambiente, persistência,bioacumulação e toxicidade, através de modelos in silico e ferramentas desenvolvidas pela USEPA e OECD: EPISuite (v 4.1, EPA, 2011), PBT Profiler (EPA, v.2.0, 2012) TEST© - Toxicity Estimation Software Tool (v.4.1, EPA, 2012) e QSAR Toolbox (v.3.2, OECD de 2013). Foi utilizado o método de priorização do software ToxPi GUI (Carolina Center for Computational Toxicology/Universidade da Carolina do Norte), para obtenção de um Índice de Prioridade Toxicológica (Toxicological Priority Index-ToxPi) e definição dos agentes prioritários com base nos resultados das predições e dados da literatura Resultados: Foram obtidos dados e predições de propriedades físico-químicas, transporte e mobilidade no ambiente, persistência, bioacumulação e toxicidade para os 39 IFAs selecionados. Com base nestes dados, foi obtido um perfil de priorização baseado no ToxPi. Conclusão: Fármacos de diferentes classes podem apresentar características físico-químicas e de comportamento ambiental que lhes conferem alto potencial de exposição ambiental, e apesar do uso seguro nas condições posológicas, há diversos ingredientes ativos com potencial de toxicidade e que podem representar alta preocupação em exposições crônicas As ferramentas computacionais podem ser uma importante ferramenta para avaliação do comportamento ambiental e da toxicidade e identificação preliminar de agentes prioritários
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 17.04.2015
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FSP11800052842Mtr 2116
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SANTOS, Carlos Eduardo Matos dos; NARDOCCI, Adelaide Cassia. Priorização de fármacos em água destinada ao consumo humano baseada em avaliação da toxicidade e do comportamento ambiental por  meio de modelos computacionais (in silico) para fins de gestão ambiental. 2015.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6134/tde-28042015-132823/ >.
    • APA

      Santos, C. E. M. dos, & Nardocci, A. C. (2015). Priorização de fármacos em água destinada ao consumo humano baseada em avaliação da toxicidade e do comportamento ambiental por  meio de modelos computacionais (in silico) para fins de gestão ambiental. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6134/tde-28042015-132823/
    • NLM

      Santos CEM dos, Nardocci AC. Priorização de fármacos em água destinada ao consumo humano baseada em avaliação da toxicidade e do comportamento ambiental por  meio de modelos computacionais (in silico) para fins de gestão ambiental [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6134/tde-28042015-132823/
    • Vancouver

      Santos CEM dos, Nardocci AC. Priorização de fármacos em água destinada ao consumo humano baseada em avaliação da toxicidade e do comportamento ambiental por  meio de modelos computacionais (in silico) para fins de gestão ambiental [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6134/tde-28042015-132823/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: