Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Processo de trabalho, divisão sexual do trabalho e práticas sociais das operárias na indústria eletroeletrônica no contexto da flexibilidade produtiva (2014)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: LAPA, THAÍS DE SOUZA - FFLCH
  • USP Schools: FFLCH
  • Subjects: SOCIOLOGIA DO TRABALHO; DIVISÃO DO TRABALHO; TRABALHO FEMININO; FLEXIBILIZAÇÃO DO TRABALHO; INDÚSTRIA ELETROELETRÔNICA
  • Keywords: Labour process; Práticas sociais de operárias; Processo de trabalho; Social practises of female industrial workers
  • Language: Português
  • Abstract: Os processos de flexibilidade produtiva com transformações tecnológicas e organizacionais nas empresas, que ocorrem no Brasil sob a égide da reestruturação produtiva capitalista desde 1980 e com maior ênfase em 1990, são observados neste estudo à luz da problemática da divisão sexual do trabalho, tomando como campo de análise o segmento de eletroeletrônicos, o qual possui a mais elevada proporção de mulheres da indústria metalúrgica. A pesquisa parte da problemática da visibilização de trabalhadoras como objeto de conhecimento nas análises sobre a classe trabalhadora, procurando oferecer contribuição à sociologia do trabalho a partir de reflexão empírica-teórica gendrada sobre o trabalho, sustentando assim a necessidade do reconhecimento da composição sexuada da classe e reivindicando a indissociabilidade das dimensões classe e gênero. Com base em estudo setorial focado em duas indústrias eletroeletrônicas transnacionais no ramo de telecomunicações e informática, cujas plantas analisadas localizam-se em municípios do interior de São Paulo, foram identificadas e analisadas características do processo de trabalho em diversos setores produtivos das empresas. Essas empresas fabricam no Brasil - uma desde a década de 1990 e outra desde 2000 - telefones celulares, tablets, monitores, notebooks, entre outros equipamentos, e empregam majoritariamente mulheres. A partir do enfoque sobre o processo de trabalho, a pesquisa procurou investigar formas contemporâneas de organização do trabalho (flexíveis ou rígidas) na indústria eletroeletrônica e as condições de trabalho quedelas resultam, especialmente para as operárias. Estas condições se produzem em ambiente com flexibilidade interna e externa do processo produtivo que, contudo, manteriam mecanismos rígidos de gestão, como trabalho prescrito, controle sobre o tempo, pausas e cadência e pressão por metas, métodos que predominam nas funções taylorizadas e que costumam, também, ser funções femininas. Assim, foram analisados os critérios e as formas apresentados para a divisão sexual no interior do processo de trabalho em diversos setores das duas fábricas, abordando permanências históricas e mudanças nessa divisão, assim como especificidades sobre o controle e a qualificação do trabalho feminino. Foram investigados, também, elementos da subjetividade e significado social do trabalho para as operárias, bem como práticas sociais que derivam de sua condição de sujeitos sexuados, forjadas em relações sociais de sexo/gênero e classe, nos espaços interno e externo à fábrica. Por meio de entrevistas semi-estruturadas com trabalhadoras/es e dirigentes sindicais representantes das/os trabalhadoras/es das duas empresas, o estudo procurou compreender em que medida as formas de organização produtiva e de divisão sexual do trabalho identificadas na indústria eletroeletrônica influenciam na reprodução das relações sociais de classe e de gênero e/ou nas possibilidades de sua transformação
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 19.12.2014
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FFLCH2709094-2013188N
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      LAPA, Thaís de Souza; SILVA, Leonardo Gomes Mello e. Processo de trabalho, divisão sexual do trabalho e práticas sociais das operárias na indústria eletroeletrônica no contexto da flexibilidade produtiva. 2014.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8132/tde-09062015-122236/ >.
    • APA

      Lapa, T. de S., & Silva, L. G. M. e. (2014). Processo de trabalho, divisão sexual do trabalho e práticas sociais das operárias na indústria eletroeletrônica no contexto da flexibilidade produtiva. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8132/tde-09062015-122236/
    • NLM

      Lapa T de S, Silva LGM e. Processo de trabalho, divisão sexual do trabalho e práticas sociais das operárias na indústria eletroeletrônica no contexto da flexibilidade produtiva [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8132/tde-09062015-122236/
    • Vancouver

      Lapa T de S, Silva LGM e. Processo de trabalho, divisão sexual do trabalho e práticas sociais das operárias na indústria eletroeletrônica no contexto da flexibilidade produtiva [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8132/tde-09062015-122236/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: