Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Validação de um modelo experimental de transfusão de glóbulos vermelhos estocados homólogos em suínos e avaliação de seus efeitos cardiorrespiratórios e inflamatórios na hemorragia aguda (2015)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: BIAGINI, SILVANA - FM
  • USP Schools: FM
  • Subjects: ERITRÓCITOS; TRANSFUSÃO DE SANGUE; HIPOVOLEMIA; INFLAMAÇÃO; ESTUDOS DE VALIDAÇÃO; SUÍNOS; HEMORRAGIA
  • Keywords: Blood transfusion; Erythrocytes; Hemorrhage; Hypovolemia; Inflammation; Swine; Validation studies
  • Language: Português
  • Abstract: Objetivos: Transfusão de sangue é fundamental para a sobrevida de pacientes selecionados, porém é associada a complicações. A literatura é controversa em relação aos efeitos pulmonares, hemodinâmicos e inflamatórios da transfusão de glóbulos vermelhos (GV). Este estudo teve dois objetivos principais: 1- validar um modelo de transfusão homologa de GV estocados em suínos com hipovolemia aguda por hemorragia controlada; 2- avaliar os efeitos agudos da transfusão de GV nas trocas gasosas, mecânica respiratória, hemodinâmica e na resposta inflamatória pulmonar e sistêmica. Métodos: Este estudo foi dividido em duas etapas: 1.Coleta, processamento e estocagem por 14 dias de GV provenientes de um suino Agroceres®, avaliado antes (in vitro) e após (in vivo - marcação com cromato de sódio radioativo) à sua transfusão em suínos sadios , um autólogo e quatro homologos (n=cinco); 2. Outro grupo de suínos foi submetido à hemorragia aguda controlada (25% de sua volemia) e então dividido em dois grupos: grupo transfusão (n= oito) recebeu duas unidades de GV e solução de ringer lactato (RL) para restabelecer a volemia; grupo controle (n=oito) que recebeu somente RL. Ambos os grupos foram seguidos até 6horas após o final da ressuscitação volêmica. Dados hemodinâmicos e respiratórios foram coletados a cada hora após o inicio do estudo. Mediadores inflamatórios e expressão de RNAmensageiro(RNAm) foram medidos no plasma e no tecido pulmonar. Resultados: Houve recuperação de 97,5%±19% dos GVmarcados com cromato de sódio radioativo 24 horas após a transfusão. Houve aumento significativo da saturação venosa mista, conteúdo arterial de oxigênio e dos níveis de hemoglobina e hematócrito no grupo transfundido comparado ao controle. Os parâmetros medidos para a avaliação da microcirculação e as trocas gasosas foram similares em ambos os grupos. Observou-se um aumento significativo na energia gasta na histerese pulmonar no grupo controle quando comparado ao grupo transfundido (p=0,002), bem como uma tendência á diminuição da energia inspiratória no grupo transfusão. As concentrações plasmáticas das diversas citocinas avaliadas antes e após a transfusão de GV mostraram-se abaixo dos limites de detecção do teste ELISA na maioria dos animais estudados em ambos os grupos; não houve diferença significativa nas concentrações de nitrato no plasma e no tecido pulmonar. Observou-se uma diferença discreta, porem estatisticamente significativa, entre os grupos na quantificação do RNAm da oxido nítrico sintetase induzida (iNOS) e da IL-21 no tecido pulmonar (aumento de 50% na iNOS e decréscimo de 50% na IL-21 no grupo transfundido comparado com o controle). Conclusão: Demonstramos a viabilidade "in vitro" e "in vivo" de GV suínos, estocados por até 14 dias. A transfusão de GV homólogos não causou alterações significativas na hemodinâmica, função pulmonar e resposta inflamatória nas primeiras 6 horas após a transfusão
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 25.05.2015
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FM2709823-10W4.DB8^SP.USP^FM-2^B471va^2015
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BIAGINI, Silvana; AZEVEDO, Luciano César Pontes de; SCHETTINO, Guilherme de Paula Pinto. Validação de um modelo experimental de transfusão de glóbulos vermelhos estocados homólogos em suínos e avaliação de seus efeitos cardiorrespiratórios e inflamatórios na hemorragia aguda. 2015.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5150/tde-11082015-160410/ >.
    • APA

      Biagini, S., Azevedo, L. C. P. de, & Schettino, G. de P. P. (2015). Validação de um modelo experimental de transfusão de glóbulos vermelhos estocados homólogos em suínos e avaliação de seus efeitos cardiorrespiratórios e inflamatórios na hemorragia aguda. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5150/tde-11082015-160410/
    • NLM

      Biagini S, Azevedo LCP de, Schettino G de PP. Validação de um modelo experimental de transfusão de glóbulos vermelhos estocados homólogos em suínos e avaliação de seus efeitos cardiorrespiratórios e inflamatórios na hemorragia aguda [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5150/tde-11082015-160410/
    • Vancouver

      Biagini S, Azevedo LCP de, Schettino G de PP. Validação de um modelo experimental de transfusão de glóbulos vermelhos estocados homólogos em suínos e avaliação de seus efeitos cardiorrespiratórios e inflamatórios na hemorragia aguda [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5150/tde-11082015-160410/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: