Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Efeitos secundários resultantes da aplicação de métodos oxidativos para degradação de contaminantes orgânicos em solos (2015)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: PUGAS, MARISA SANTIAGO - IGC
  • USP Schools: IGC
  • Subjects: GASOLINA; POLUIÇÃO DO SOLO; POLUIÇÃO DE ÁGUAS SUBTERRÂNEAS; HIDROCARBONETOS; ÍONS; MOBILIDADE IÔNICA
  • Keywords: Processos oxidativos
  • Language: Português
  • Abstract: A contaminação de solos e águas subterrâneas por compostos orgânicos constitui-se em sérios e preocupantes problemas à saúde do homem e ao meio ambiente. A presença de gasolina como agente poluidor em solos e águas, se deve, na maioria das vezes, a defeitos na estrutura dos tanques de estocagem em postos de abastecimento, vazamentos em tubulações de refinarias, acidentes com caminhões de transporte etc. Das substâncias que compõe a gasolina, mais de 200 são reconhecidamente tóxicas, dentre elas encontram-se o benzeno, tolueno, etilbenzeno e xilenos (BTEX). O combustível derramado, inicialmente estará presente na Zona Não-Saturada sob a forma adsorvida ou de vapor. Em contato com a fase aquosa, devido o fenômeno de cossolvência, os compostos BTEX se dissolverão parcialmente, sendo os prim eiros contaminantes a atingir a água subterrânea deteriorando sua qualidade. A contaminação depende principalmente da extensão do vazamento, das características do solo e, em geral, só são percebidas quando descobertos seus efeitos deletérios. Atualmente, dentre os métodos de descontaminação in situ, destacam-se os Processos Oxidativos e os Processos Oxidativos Avançados (POAs). Nos oxidativos utilizam-se reagentes como peróxido de hidrogênio, permanganato e persulfato; os POAs se baseiam na produção de radicais hidroxil (OH°) que podem ser obtidos a partir do Reagente Fenton e Foto - Fenton. Os agentes oxidantes promovem total degradação de grandevariedade de substâncias perigosas resultando em compostos inócuos como gás carbônico e água. O uso dessas técnicas de descontaminação, entretanto, na maioria das vezes, leva a efeitos secundários indesejáveis ao meio ambiente. Visando estudar as alterações no solo e na água, foram realizados experimentos laboratoriais utilizando um Latossolo artificialmente impactado por gasolina e tratado com os reagentes Fenton, peróxido de hidrogênio, persulfato de sódio e permanganato de potássio. Os estudos permitem afirmar que os tratamentos oxidativos resultam em diminuição do pH, redução dos teores de bases trocáveis e, por se tratar de processos pouco seletivos, ocasionam a degradação da matéria orgânica natural do solo. Essas alterações favorecem a dessorção de íons metálicos que são liberados para fase aquosa em concentrações que excedem até centenas de vezes o limite estabelecido pela legislação. Os resultados obtidos comprovam que os efeitos secundários consequentes das técnicas de degradação oxidativa, aplicadas às áreas impactadas por c ompostos benzênicos, afetam o meio ambiente e alteram a qualidade das águas tornando -as inadequadas para o consumo humano
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 26.06.2015
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    IGC2712164-20T P978 MS.e v.corrigida e.2
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PUGAS, Marisa Santiago; HYPOLITO, Raphael. Efeitos secundários resultantes da aplicação de métodos oxidativos para degradação de contaminantes orgânicos em solos. 2015.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44138/tde-27082015-113137/ >.
    • APA

      Pugas, M. S., & Hypolito, R. (2015). Efeitos secundários resultantes da aplicação de métodos oxidativos para degradação de contaminantes orgânicos em solos. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44138/tde-27082015-113137/
    • NLM

      Pugas MS, Hypolito R. Efeitos secundários resultantes da aplicação de métodos oxidativos para degradação de contaminantes orgânicos em solos [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44138/tde-27082015-113137/
    • Vancouver

      Pugas MS, Hypolito R. Efeitos secundários resultantes da aplicação de métodos oxidativos para degradação de contaminantes orgânicos em solos [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44138/tde-27082015-113137/