Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Caracterização da deglutição do paciente com acidente vascular cerebral no processo de decanulação (2015)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: PEREZ, ISABEL CRISTINA SABATINI - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Subjects: ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL; DEGLUTIÇÃO (AVALIAÇÃO); TRAQUEOSTOMIA
  • Language: Português
  • Abstract: A avaliação fonoaudiológica na unidade de terapia intensiva é especialmente indicada para pacientes com suspeita de disfagia, sendo o acidente vascular cerebral (AVC), intubação orotraqueal (IOT) prolongada e traqueostomia (TQT) seus principais fatores de risco. É sabido que problemas de deglutição seguidos do AVC são comuns, sendo descrito que a disfagia pode persistir, recorrer, ou ser desenvolvida durante o curso da doença. E que os distúrbios respiratórios são as causas mais frequentes de complicações no AVC. A traqueostomia é um procedimento realizado com muita frequência nos hospitais gerais para o tratamento de insuficiência respiratória por inúmeras razões. O desmame ventilatório é um processo cujo início jamais deve ser adiado, tendo em vista as complicações associadas à ventilação mecânica e aos custos relacionados com esse processo. É comum o seguimento de regras específicas para sua indicação, mas não há regras determinantes para o processo de retirada, ou seja, o desmame. O empirismo aplicado ao desmame da ventilação mecânica leva à piora na qualidade do seu processo e consequentemente aumento na taxa de falha. A traqueostomia altera a anatomia e a fisiologia do sistema respiratório que é fundamental para a produção vocal; seu impacto na fisiologia da deglutição pode ser mecânico e/ou funcional. Os métodos mais difundidos para avaliação da deglutição são a avaliação clínica funcional e os exames instrumentais de videofluoroscopia e videoendoscopia da deglutição. A avaliação clínica funcional da deglutição é normalmente a primeira avaliação realizada, mas na vigência de quadros disfágicos com aspiração silente, falsos negativos podem existir. Propõe-se então neste trabalho, conciliar a avaliação clínica fonoaudiológica da deglutição e a avaliação fibroendoscópica da deglutição (FEES), caracterizando a função dadeglutição do paciente com AVC e, consequentemente, reduzindo riscos ao paciente na definição de melhor e mais segura via de administração da dieta no processo de decanulação
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 30.03.2015

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMRP11200067329Perez, Isabel C. Sabatini
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PEREZ, Isabel Cristina Sabatini; TAKAYANAGUI, Osvaldo Massaiti; OKUBO, Paula de Carvalho Macedo Issa. Caracterização da deglutição do paciente com acidente vascular cerebral no processo de decanulação. 2015.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2015.
    • APA

      Perez, I. C. S., Takayanagui, O. M., & Okubo, P. de C. M. I. (2015). Caracterização da deglutição do paciente com acidente vascular cerebral no processo de decanulação. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Perez ICS, Takayanagui OM, Okubo P de CMI. Caracterização da deglutição do paciente com acidente vascular cerebral no processo de decanulação. 2015 ;
    • Vancouver

      Perez ICS, Takayanagui OM, Okubo P de CMI. Caracterização da deglutição do paciente com acidente vascular cerebral no processo de decanulação. 2015 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: