Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Caracterização química e estabilidade oxidativa de produto reestruturado de frango sob ação de embalagem ativa adicionada de extratos de resíduos agroindustriais (2015)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: LEON, JUAN SEBASTIAN SERRANO - ESALQ
  • USP Schools: ESALQ
  • Subjects: QUITOSANA; CARNES E DERIVADOS; FRANGOS DE CORTE; EMBALAGENS DE ALIMENTOS
  • Keywords: Oxidação lipídica
  • Language: Português
  • Abstract: A qualidade, aceitabilidade e a vida útil da carne de frango e principalmente seus produtos industrializados, dependem de vários fatores, sendo a oxidação lipídica um dos principais problemas de estabilidade do produto. O crescimento da tendência de consumo de compostos naturais por parte da população mundial e a demanda das indústrias de alimentos para controle da oxidação lipídica, surge como alternativa muito promissora a utilização de antioxidantes naturais. O Brasil, com uma grande produção de produtos vegetais e a economia fortemente baseada na agroindústria gera grandes quantidades de resíduos vegetais, sendo os resíduos de película de amendoim e pimenta-rosa potenciais fontes de antioxidantes. Estes resultados confirmados conforme ensaios preliminares in vitro, uma vez que são ricos em compostos bioativos, como compostos fenólicos. Além disto, a quitosana apresenta-se como uma boa matriz para incorporação de extratos contendo compostos bioativos, além de ter capacidade de formar filmes. Assim, o objetivo do estudo foi desenvolver filmes de quitosana com incorporação de antioxidantes naturais a partir dos extratos de resíduos de película de amendoim e pimenta rosa, e avaliar seu efeito sobre a oxidação lipídica em produto reestruturado de frango. O estudo foi dividido em três etapas: a primeira foi utilização da metodologia de superfície de resposta para determinação de uma concentração ótima de extrato de resíduo agroindustrial que incorporado ao filme de quitosanapromova inibição da oxidação lipídica (valor de sustâncias reativas ao ácido tiobarbitúrico, TBARS). Na segunda etapa, foi avaliada a incorporação da concentração ótima dos extratos diretamente na carne e nos filmes ativos de quitosana, sobre as características físico-químicas (pH, cor instrumental, índice de peróxidos, e valor de TBARS) e microbiológicas dos tratamentos. Na terceira etapa foram avaliadas as características sensoriais e de aceitabilidade dos tratamentos que apresentaram menor oxidação lipídica. Os resultados revelaram que, na primeira etapa foram otimizadas as concentrações dos extratos de resíduos nos filmes ativos de quitosana. Os teores otimizados foram 80 mg de compostos fenólicos totais (CFT) / kg de carne para os resíduos de película de amendoim e de 90 mg CFT / kg de carne para pimenta rosa. Na segunda etapa, ao final do tempo de armazenamento, pode-se observar que não houve diferença significativa (p > 0,05) para os parâmetros de cor, pH e contagem de mesófilos totais. Para oxidação lipídica, todos os tratamentos apresentaram diferença significativa (p < 0,05), quando comparados com o controle. Para contagem de micro-organismos psicrotróficos totais houve diferença significativa para os tratamentos com filme ativo + extratos, quando comparados com os demais tratamentos. Na terceira etapa, os resultados mostraram que não houve diferença significativa na aceitabilidade entre os tratamentos. Adicionalmente também foi realizada uma caracterizaçãosensorial com consumidores usando a metodologia Check-all-that-apply (CATA). Assim pode-se concluir que foram desenvolvidos filmes ativos de quitosana com adição de extratos de resíduos agroindustriais, com exelente potencial na atividade antioxidante e antimicrobiana em produtos carneos, sem influenciar na aceitabilidade sensorial
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 13.07.2015
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    ESABC10500127465t664.93 S487c e.2 109455
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      LEON, Juan Sebastian Serrano; CASTILLO, Carmen Josefina Contreras. Caracterização química e estabilidade oxidativa de produto reestruturado de frango sob ação de embalagem ativa adicionada de extratos de resíduos agroindustriais. 2015.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2015. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11141/tde-17092015-154806/ >.
    • APA

      Leon, J. S. S., & Castillo, C. J. C. (2015). Caracterização química e estabilidade oxidativa de produto reestruturado de frango sob ação de embalagem ativa adicionada de extratos de resíduos agroindustriais. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11141/tde-17092015-154806/
    • NLM

      Leon JSS, Castillo CJC. Caracterização química e estabilidade oxidativa de produto reestruturado de frango sob ação de embalagem ativa adicionada de extratos de resíduos agroindustriais [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11141/tde-17092015-154806/
    • Vancouver

      Leon JSS, Castillo CJC. Caracterização química e estabilidade oxidativa de produto reestruturado de frango sob ação de embalagem ativa adicionada de extratos de resíduos agroindustriais [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11141/tde-17092015-154806/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: