Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

 Tradutores-intérpretes de LIBRAS na Saúde: o que eles nos contam sobre questões éticas em suas práticas (2014)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: PEREIRA, PATRICIA CRISTINA ANDRADE - FSP
  • USP Schools: FSP
  • Subjects: LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS; SURDO; PRIVACIDADE; PACIENTES; INDEPENDÊNCIA (PERSONALIDADE); COMUNICAÇÃO; ACESSO AOS SERVIÇOS DE SAÚDE
  • Keywords: Acessibilidade aos Serviços de Saúde; Acessibility; Autonomia Pessoal; Cross-Cultural; Deaf Patients; Direito do Paciente; Eticistas; Medical interpreters; Paciente Surdo; TILS-GI
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: O atendimento interlinguístico e intercultural de pacientes surdos nos contextos de saúde é tema pouco explorado pela literatura. A inserção de TILS-GI é um importante meio de viabilizá-lo, conforme previsto em lei. Objetivos: Identificar a atuação de TILS-GI em serviços de saúde, na mediação entre equipes falantes de português e pacientes surdos usuários de libras. Conhecer a percepção de TILS-GI sobre aspectos éticos relacionados à comunicação, autonomia e privacidade de pacientes surdos, tomados aqui como princípios éticos em saúde, conceitos teóricos e eixos de análise. Metodologia: Trata-se de pesquisa qualitativa, empírica, descritiva e de caráter exploratório baseada na análise dos eixos comunicação, autonomia e privacidade. Foram entrevistados 30 TILS-GI atuantes nas regiões metropolitanas de São Paulo e Rio de Janeiro. A análise dos resultados utilizou-se de depoimentos individuais a partir de situações vivenciadas ou hipotéticas. Resultados: Os TILS-GI entrevistados eram ad hoc. Não foram localizados profissionais empregados na saúde. A atuação deles na área foi pontual, esporádica, voluntária, informal e em situações de gravidade de saúde, temas sigilosos ou na falta de familiares acompanhantes. Ao que concerne ao eixo comunicação, os desafios da interpretação relacionam-se à falta de formação específica na área (jargão, desafios intermodais e interculturais), a não saberem lidar com questões de escopo da saúde e pela proximidade pessoal de muitosprofissionais com os surdos. No eixo autonomia, foram identificados graus de participação do paciente dependente, em muito, da postura dos TILS-GI e das equipes de saúde. No eixo privacidade, a privacidade de informações teve respostas homogêneas do grupo, que defendeu que o legítimo informante quando outros desejam saber informações junto aos TILS-GI sobre o paciente surdo é o próprio, algo referenciado no código deontológico da categoria. Em contrapartida, a variedade de respostas sobre privacidade física revelou menores amadurecimento e consenso entre eles. Conclusão: Os TILS-GIs nomeiam problemas éticos na sua prática em saúde e com os surdos passam por tarefas múltiplas que extrapolam a mediação linguística e por sofrimentos diversos, alguns evitáveis. São figuras essenciais por viabilizarem os direitos desta população. Sua potencial parceria com os envolvidos, contudo, exigiria um processo mais ativo de reflexão e troca entre eles
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 22.09.2014
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FSP2720210-30
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PEREIRA, Patricia Cristina Andrade; FORTES, Paulo Antonio de Carvalho.  Tradutores-intérpretes de LIBRAS na Saúde: o que eles nos contam sobre questões éticas em suas práticas. 2014.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6135/tde-04082015-133658/ >.
    • APA

      Pereira, P. C. A., & Fortes, P. A. de C. (2014).  Tradutores-intérpretes de LIBRAS na Saúde: o que eles nos contam sobre questões éticas em suas práticas. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6135/tde-04082015-133658/
    • NLM

      Pereira PCA, Fortes PA de C.  Tradutores-intérpretes de LIBRAS na Saúde: o que eles nos contam sobre questões éticas em suas práticas [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6135/tde-04082015-133658/
    • Vancouver

      Pereira PCA, Fortes PA de C.  Tradutores-intérpretes de LIBRAS na Saúde: o que eles nos contam sobre questões éticas em suas práticas [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6135/tde-04082015-133658/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: