Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Os sentidos de justiça restaurativa para os facilitadores e suas consequências para uma prática transformadora (2015)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: YABASE, CAROLINA YUUBI - IP
  • USP Schools: IP
  • Subjects: JUSTIÇA; DIREITOS HUMANOS; CONFLITO; MOVIMENTOS SOCIAIS
  • Keywords: Alternativa penal; Alternative penalty; Conflict resolution; Facilitador; Facillitator; Justiça restaurativa; Resolução de conflitos; Restorative justice
  • Language: Português
  • Abstract: O presente trabalho apresenta um esforço de investigação sobre uma modalidade de alternativa penal que tem ganhado força mundialmente: a Justiça Restaurativa (JR). O objetivo principal deste projeto foi aprofundar o conhecimento sobre os efeitos que a JR é capaz de provocar, a partir de uma investigação focada no Centro de Direitos Humanos e Educação Popular do Campo Limpo (CDHEP), na formação de facilitadores que o CDHEP promove, e nos facilitadores de práticas restaurativas que atuam junto a esta instituição. A pesquisa utilizou-se de dois métodos principais, a etnografia, utilizada para conhecer o campo de estudo e observar algumas das atividades realizadas no CDHEP, e a entrevista semiestruturada, utilizada para investigar as significações e reflexões que os facilitadores desenvolvem sobre a JR. Os resultados obtidos indicam que a formação de facilitadores do CDHEP tem como diferencial a sua inspiração na Escola de Perdão e Reconciliação e o seu foco na autorreflexão como fundamento para a prática do facilitador. Além disso, o CDHEP construiu, ao longo dos anos, um entendimento muito particular sobre a JR, o que confere ao trabalho lá realizado uma base sólida de atuação alicerçada em um entendimento compartilhado sobre o tema. As entrevistas com facilitadores demonstram que cada um deles construiu uma relação muito particular com a JR, bastante marcada pelas experiências pessoais desde a formação até a sua aplicação prática. O contato com a JR deflagra um processo deautoconhecimento que ressignifica a posição da pessoa no mundo, modificando a forma de encarar a si mesmo, o outro, as relações e a comunicação. Apesar disso, há diferenças na reflexão crítica sobre a própria atividade e sobre a JR como um campo do conhecimento. Todos os entrevistados afirmaram acreditar que a JR funciona, mas as hipóteses explicativas apresentadas diferiram. Os facilitadores entrevistados disseram acreditar que a JR provoca mudanças nas pessoas que passam pela formação ou pelo processo restaurativo, e dizem que foram pessoalmente muito impactados por ela; também acreditam que transformações na sociedade são possíveis, embora não saibam dizer exatamente como. Concluímos que a JR provoca mudanças profundas nos facilitadores que trabalham com o tema, que afetam a maneira como entendem a sua posição no mundo e suas possibilidades de ação sobre ele. Apesar disso, não consideramos que o curso de capacitação de facilitadores permita uma formação individual, no sentido utilizado por Adorno, pois embora desenvolva a autoconsciência, é preciso ainda desenvolver outros elementos de crítica social que não são totalmente contemplados pela estrutura atual. Por outro lado, a prática do CDHEP tem como foco o próprio processo da JR ao invés de outros resultados, como os acordos, o que permite um uso não-instrumental das técnicas e que podem ter efeitos libertadores. Ainda é preciso entender melhor outros aspectos da aplicação da JR por parte do CDHEP, como os efeitosproduzidos na relação da população atendida com o Judiciário. Apesar disso, concluímos que a atuação do CDHEP tem provocado transformações importantes nas pessoas e nas relações, uma vez que os facilitadores ali formados apresentam mudanças pessoais significativas atribuídas a esse contato
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 16.06.2015
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    IP12300056070T K970 Y11s e.1
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      YABASE, Carolina Yuubi; MASSOLA, Gustavo Martineli. Os sentidos de justiça restaurativa para os facilitadores e suas consequências para uma prática transformadora. 2015.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47134/tde-29092015-174210/ >.
    • APA

      Yabase, C. Y., & Massola, G. M. (2015). Os sentidos de justiça restaurativa para os facilitadores e suas consequências para uma prática transformadora. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47134/tde-29092015-174210/
    • NLM

      Yabase CY, Massola GM. Os sentidos de justiça restaurativa para os facilitadores e suas consequências para uma prática transformadora [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47134/tde-29092015-174210/
    • Vancouver

      Yabase CY, Massola GM. Os sentidos de justiça restaurativa para os facilitadores e suas consequências para uma prática transformadora [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47134/tde-29092015-174210/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: