Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

A morfologia do indicativo na expressão do modo subjuntivo em São Paulo e São Luís (2015)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SANTOS, WENDEL SILVA DOS - FFLCH
  • USP Schools: FFLCH
  • Subjects: PORTUGUÊS DO BRASIL; MODOS VERBAIS; GRAMÁTICA
  • Keywords: Indicative; Modo indicativo; Modo subjuntivo; Subjunctive
  • Language: Português
  • Abstract: Com base nos pressupostos teórico-metodológicos da Sociolinguística Variacionista (LABOV, 2008 [1972]; 2001), esta pesquisa investiga o emprego de formas verbais subjuntivas e indicativas em três contextos de subordinação orações adverbiais, substantivas (na posição de complemento do verbo da oração principal) e relativas. Os dados foram extraídos de 36 entrevistas sociolinguísticas com paulistanos e 36 entrevistas com ludovicenses, estratificadas de acordo com o sexo/gênero dos informantes, sua faixa etária (18 a 35; 36 a 59; e 60 anos ou mais) e seu nível de escolaridade (médio superior). Examinam-se as variáveis linguísticas e sociais que se correlacionam à ocorrência dessas formas. Entre as linguísticas, incluem-se variáveis como o tempo verbal da oração subordinada; o tipo de subordinador (tais como se e embora, no caso das orações adverbiais); o verbo da oração principal e o tempo verbal da oração principal (no caso das orações substantivas). Propõe-se que, em português, formas subjuntivas e indicativas funcionam como variantes de uma variável apenas nas orações adverbiais, ao passo que, nos outros dois contextos, tais formas se alternam mas não constituem sempre "formas de dizer a mesma coisa" (LABOV, 1972; 1978). A análise quantitativa dos dados foi feita com o pacote estatístico GoldVarb X (SANKOFF, TAGLIAMONTE, SMITH, 2005). Os resultados indicam que, no geral, é maior a tendência de ocorrência do modo indicativo em São Paulo relativamente a São Luís. Por outrolado, há indício de mudança na fala ludovicense, na direção do indicativo, em orações adverbiais e substantivas.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 23.03.2015
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FFLCH2724274-2013378N
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SANTOS, Wendel; MENDES, Ronald Beline. A morfologia do indicativo na expressão do modo subjuntivo em São Paulo e São Luís. 2015.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8139/tde-06082015-104234/ >.
    • APA

      Santos, W., & Mendes, R. B. (2015). A morfologia do indicativo na expressão do modo subjuntivo em São Paulo e São Luís. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8139/tde-06082015-104234/
    • NLM

      Santos W, Mendes RB. A morfologia do indicativo na expressão do modo subjuntivo em São Paulo e São Luís [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8139/tde-06082015-104234/
    • Vancouver

      Santos W, Mendes RB. A morfologia do indicativo na expressão do modo subjuntivo em São Paulo e São Luís [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8139/tde-06082015-104234/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: