Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Avaliação de fatores de virulência e sensibilidade a antissépticos bucais de espécies de Candida isoladas da saliva de pacientes com próteses bucais (2015)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: BARBOSA, AMIR HORIQUINI - FCFRP
  • USP Schools: FCFRP
  • Sigla do Departamento: 604
  • Subjects: CANDIDA ALBICANS; ANTISSÉPTICOS BUCAIS; PRÓTESE TOTAL
  • Keywords: ALS2; ALS3; biofilm; biofilme; Candida; genes ALS2; genes SAP1; mouthwashes; proteinase; SAP1; SAP3
  • Language: Português
  • Abstract: As espécies de Candida são patógenos oportunistas e as infecções nas cavidades bucais causadas por este gênero são comuns em pacientes com fatores predisponentes, entre eles imussuprimidos, diabéticos e usuários de próteses dentais. No Brasil o índice de endentados é elevado sendo necessária a utilização de próteses bucais, que são locais favoráveis à colonização de microrganismos e o desenvolvimento de biofilme. A utilização de antissépticos como medida complementar na higiene oral é cada vez mais difundida. O objetivo deste trabalho foi detectar em amostras de C. albicans e C. não-albicans, isoladas da saliva de portadores de próteses bucais, os fatores de virulência, proteinase e biofilme e genes relacionados à proteinase (SAP1, SAP3) e à adesão (ALS1 e ALS3) e avaliar a atividade antifúngica in vitro de três formulações comerciais à base de clorexidina 0,12%, cetilpiridínio 0,07% e 0,075% frente aos isolados de Candida e biofilmes. Foram coletadas amostras de saliva de 70 pacientes usuários de próteses bucais. As leveduras foram isoladas em meio de CHROMagar® Candida e identificadas pela metodologia clássica e a confirmação de C. albicans por biologia molecular (PCR). Leveduras do gênero Candida foram isoladas de 32 (45,7%) amostras. Destas foram identificadas: C. albicans (29), C. krusei (5), C. glabrata (4), C. tropicalis (3) e C. parapsilosis (2), totalizando 43 leveduras entre monoculturas e culturas mistas. Os genes pesquisados foram detectados somente em amostras de C. albicans, os genes ALS2, ALS3 e SAP3 foram identificados em 86% dos isolados e o SAP1 em 93%. A atividade de proteinase entre os dos isolados de C. albicans foi de 72,4% e entre das espécies de C. não-albicans 35,7%. A de formação de biofilme sobre placas de 96 poços, e após coloração com XTT, demonstrou que a maioria dos isolados de Candida e todas as culturas mistas desenvolveram biofilmesem 24 horas. A atividade de três antissépticos frente as leveduras foi de <=1,25%, equivalente a uma diluição de 1:80 do antisséptico. Concluímos os três antissépticos também foram eficazes frente aos biofilmes de monoculturas e culturas mistas, as cepas de C. albicans continua sendo a espécie prevalente na cavidade bucal, os genes SAP1, SAP3, ALS2 e ALS3 estão presentes na maioria dos isolados de C. albicans, nestas amostras a maioria foram proteinase e biofilme positivos. A atividade de proteinase foi superior nas espécies de C. albicans em comparação com C. não-albicans. Os biofilmes das espécies de Candida quando formados em culturas mistas se desenvolvem mais em comparação com a formação de biofilme em monocultura. As três formulações de antissépticos foram eficazes contra todos isolados de leveduras em forma planctônica e na maioria dos biofilmes
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 07.08.2015
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FCFRP10600016253Barbosa, Amir Horiquini
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BARBOSA, Amir Horiquini; CÂNDIDO, Regina Célia. Avaliação de fatores de virulência e sensibilidade a antissépticos bucais de espécies de Candida isoladas da saliva de pacientes com próteses bucais. 2015.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2015. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/60/60135/tde-02102015-161413/ >.
    • APA

      Barbosa, A. H., & Cândido, R. C. (2015). Avaliação de fatores de virulência e sensibilidade a antissépticos bucais de espécies de Candida isoladas da saliva de pacientes com próteses bucais. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/60/60135/tde-02102015-161413/
    • NLM

      Barbosa AH, Cândido RC. Avaliação de fatores de virulência e sensibilidade a antissépticos bucais de espécies de Candida isoladas da saliva de pacientes com próteses bucais [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/60/60135/tde-02102015-161413/
    • Vancouver

      Barbosa AH, Cândido RC. Avaliação de fatores de virulência e sensibilidade a antissépticos bucais de espécies de Candida isoladas da saliva de pacientes com próteses bucais [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/60/60135/tde-02102015-161413/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: