Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Análise comparativa in vitro do efeito da osteoporose no comportamento de células osteoblásticas da medula óssea e da calvária de ratas ovariectomizadas (2014)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: AZEVEDO, FERNANDA GRILO DE - FORP
  • USP Schools: FORP
  • Sigla do Departamento: 805
  • Subjects: OSTEOPOROSE; OVARIECTOMIA; CULTURA DE CÉLULAS; OSTEOBLASTO
  • Keywords: cell culture; osteoblast; osteoporosis; ovariectomy; rat model; rato
  • Language: Português
  • Abstract: A osteoporose, uma doença óssea progressiva, é considerada um grave problema de saúde pública, sendo uma das condições mais importantes associadas ao envelhecimento e que afeta milhões de pessoas no mundo. Esta doença multifatorial é caracterizada pela densidade óssea reduzida e deterioração da microarquitetura óssea. O objetivo deste trabalho foi investigar as mudanças comportamentais em células mesenquimais da medula óssea e células osteoblásticas da calvária de ratas induzidas à osteoporose. Após aprovação da Comissão de Ética no Uso de Animais, 18 ratas Wistar foram utilizadas e divididas em grupos controle e ovariectomizadas. Após 150 dias, as ratas de ambos os grupos foram sacrificadas para coleta dos fêmures e fragmentos da calvária. As células recolhidas a partir da medula óssea e calvária foram cultivadas em placas de 24 poços (n = 5) para avaliação da proliferação e viabilidade celular, atividade de fosfatase alcalina (ALP), detecção e quantificação de nódulos mineralizados e análise da expressão gênica por meio de PCR em tempo real. Os dados foram submetidos ao testes de Kruskal-Wallis e Mann-Whitney, com nível de significância de 5%. As células da medula óssea do grupo controle (MC) mostraram uma diminuição significativa na proliferação quando comparado com as células do grupo controle da calvária (CC) em todos os períodos (p < 0,05). Por outro lado, as células da medula óssea de ratas com osteoporose (MO) revelaram um aumento significativo na taxa de proliferação após 7 e 10 dias (p < 0,01) em comparação às células da calvária de ratas ovariectomizadas (CO). A viabilidade celular foi maior em todos os períodos estudados dos grupos CC e CO em relação aos grupos MC e MO (p < 0,05). A atividade de fosfatase alcalina não foi significativamente diferente após 7 dias de cultura entre os grupos estudados; por outro lado, após 10 e 14 dias, observou-seuma diminuição da sua atividade no grupo MC quando comparado ao grupo CC (p < 0,01). Nas ratas com osteoporose, as células da medula óssea mostraram um aumento desta atividade quando comparada às células de calvária (p < 0,01). A análise dos nódulos mineralizados após 14 e 21 dias revelou que os grupos controle CC e MC não apresentaram diferenças significativas, ao passo que no grupo MO observou-se um aumento da mineralização quando comparado ao grupo CO nos mesmos períodos experimentais. Os resultados obtidos na análise de expressão gênica mostraram que para os genes Runx2, Oc, Alpl, Rank-l e Erα a expressão no grupo MO foi maior que no grupo MC (p < 0,05), enquanto que para as células da calvária, CC teve maior expressão gênica que CO (p < 0,05). Os genes Opg e Erβ apresentaram variações de acordo com o grupo avaliado. Frente aos resultados obtidos, sugere-se que existam alterações no metabolismo das células progenitoras e células diferenciadas após a indução da osteoporose e que as células da medula óssea apresentam um aumento da sua função como uma resposta compensatória neste modelo animal ovariectomizado
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 29.08.2014
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FORP11700016936Azevedo, Fernanda Grilo de
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      AZEVEDO, Fernanda Grilo de; PRADO, Karina Fittipaldi Bombonato. Análise comparativa in vitro do efeito da osteoporose no comportamento de células osteoblásticas da medula óssea e da calvária de ratas ovariectomizadas. 2014.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/58/58137/tde-03022015-114733/ >.
    • APA

      Azevedo, F. G. de, & Prado, K. F. B. (2014). Análise comparativa in vitro do efeito da osteoporose no comportamento de células osteoblásticas da medula óssea e da calvária de ratas ovariectomizadas. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/58/58137/tde-03022015-114733/
    • NLM

      Azevedo FG de, Prado KFB. Análise comparativa in vitro do efeito da osteoporose no comportamento de células osteoblásticas da medula óssea e da calvária de ratas ovariectomizadas [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/58/58137/tde-03022015-114733/
    • Vancouver

      Azevedo FG de, Prado KFB. Análise comparativa in vitro do efeito da osteoporose no comportamento de células osteoblásticas da medula óssea e da calvária de ratas ovariectomizadas [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/58/58137/tde-03022015-114733/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: