Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Reconstituição paleoceanográfica e inferências paleoclimáticas na margem equatorial Brasileira no Holoceno Médio e Tardio (2015)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: TANIGUCHI, NANCY KAZUMI - IO
  • USP Schools: IO
  • Sigla do Departamento: IOF
  • Subjects: HOLOCENO; PALEOCEANOGRAFIA; PALEOCLIMATOLOGIA; CORRENTES MARINHAS
  • Language: Português
  • Abstract: Análises sedimentológicas e geoquímicas realizadas no registro sedimentar GeoB 16204-2 (01˚ 9.75'S, 42˚ 20.30'O, 1210 m de profundidade) permitiram reconhecertrês períodos com diferentes configurações paleoceanográficas e paleoclimáticas ao longo dos últimos 8100 anos para margem equatorialbrasileira. O primeiro período (8100 - 5000 anos cal A.P.) foi caracterizado por condições hidrodinâmicas mais intensas, menor influência marinha emaior aporte continental, constatados por menores valoresde sortable silt, maior porcentagem da fração areia, menores conteúdos de CaCO3 e maioresvaloresdas razões de Ti/Ca e Fe/Ca. Osegundo período(5000-2500 anos cal A.P.) apresentou maiores flutuações na intensidade dascorrentes de fundo e diminuição do aportecontinentalindicados por variações do sortable silt, modanão definida na distribuiçãodos tamanhos das partículas(PSD) e tendência decrescente das razões Ti/Ca e Fe/Ca.O terceiro período (2500 anos calA.P. - presente), prevaleceram condições hidrodinâmicasmenos intensas emenor aporte continental sinalizadospor moda do PSD próximo a 7 ø e menores valores das razões Fe/Ca e Ti/Ca. Ao longo dos 8100 anos ocorreu uma desintensificação da Corrente Norte do Brasil, provavelmente associado a um enfraquecimento da circulação de revolvimento meridional do Atlântico (AMOC) e também áà migração em direção sul daZona de Convergência Intertropical (ZCIT). A migraçãoda ZCIT além deinfluenciar as correntes oceânicas também contribuiu para mudaças das configurações atmosféricas favorecendo condições mais secas na região de estudo durante o Holoceno Tardio.Estimativas de temperatura e salinidade da superfíciedo mar revelam pouca variaçãonos últimos 5000 anos, comvalores próximos aos da média climatológicosatuais, 26,4C e 36,5.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 05.08.2015

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      TANIGUCHI, Nancy Kazumi; MELLO E SOUSA, Silvia Helena de. Reconstituição paleoceanográfica e inferências paleoclimáticas na margem equatorial Brasileira no Holoceno Médio e Tardio. 2015.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015.
    • APA

      Taniguchi, N. K., & Mello e Sousa, S. H. de. (2015). Reconstituição paleoceanográfica e inferências paleoclimáticas na margem equatorial Brasileira no Holoceno Médio e Tardio. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Taniguchi NK, Mello e Sousa SH de. Reconstituição paleoceanográfica e inferências paleoclimáticas na margem equatorial Brasileira no Holoceno Médio e Tardio. 2015 ;
    • Vancouver

      Taniguchi NK, Mello e Sousa SH de. Reconstituição paleoceanográfica e inferências paleoclimáticas na margem equatorial Brasileira no Holoceno Médio e Tardio. 2015 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2019