Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Avaliação de um biosusceptômetro baseado no SQUID para medição da concentração do ferro no fígado e nanopartículas magnéticas (2015)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: LADINO, EDUARD ALEXIS HINCAPIE - FFCLRP
  • USP Schools: FFCLRP
  • Subjects: FÍGADO; FERRO (CONCENTRAÇÃO;QUANTIFICAÇÃO); HEPATOPATIAS; CAMPO MAGNÉTICO
  • Keywords: Biosusceptometría; Concentração de ferro no fígado; SQUID; Biosusceptometry; Liver iron concentration
  • Language: Português
  • Abstract: Em pacientes com doenças relacionadas à sobrecarga de ferro, a contínua quantificação dos níveis de ferro no corpo com o fim de evitar os efeitos da toxicidade do ferro no fígado, coração e baço é necessária. O método biosusceptométrico se apresenta como uma alternativa confiável em relação aos métodos tradicionais devido ser uma medição direta do ferro no fígado, e com a vantagem de ser não invasivo. O sistema biosusceptométrico desenvolvido no nosso grupo de pesquisa (Biomag) foi analisado, verificado e tornou-se funcional no Laboratório de Dosagem de Ferro no Hemocentro de Ribeirão Preto, onde a contribuição de ruído magnético ambiental é alta em comparação à localização anterior do equipamento. Primeiramente foram feitas medições de estabilidade do sinal, avaliação da resposta susceptométrica com a utilização de um phantom, avaliação da variabilidade do fator de calibração no tempo; assim como, medidas da resposta susceptométrica para soluções com diferentes concentrações de cloreto férrico (FeCI36H2O). Assim, verificando-se o correto funcionamento do equipamento. Na parte inicial das medidas in vivo, foram realizadas medidas biosusceptométricas em 13 voluntários assintomáticos; na segunda parte, foram realizadas medidas em 48 pacientes com doenças relacionadas à sobrecarga de ferro no fígado (talassemia e anemia falciforme). Com os dados coletados foi possível calcular o fator de correção necessário para o cálculo da concentração de ferro nos pacientes; além disso, notar a dependência da contribuição do fluxo magnético do paciente com o raio do torso. Foi estimado que o erro na medida na concentração do ferro hepático para medidas in vivo é de 0.244 mgFe/gwt. Medições em nanopartículas magnéticas (MnFe2O4-citrate) foram feitas para soluções com diferentes concentrações, com dois métodos de medida diferentes. Os resultados mostramo potencial do biosusceptometro para detectar e localizar nanopartículas magnéticas dentro do corpo humano, ou a quantificação da concentração em soluções, com uma calibração prévia do equipamento
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 24.09.2015
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FCLRP20800049609Ladino, Eduard Alexis Hincapie
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      LADINO, Eduard Alexis Hincapie; BAFFA, Oswaldo. Avaliação de um biosusceptômetro baseado no SQUID para medição da concentração do ferro no fígado e nanopartículas magnéticas. 2015.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2015. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59135/tde-18042016-103858/ >.
    • APA

      Ladino, E. A. H., & Baffa, O. (2015). Avaliação de um biosusceptômetro baseado no SQUID para medição da concentração do ferro no fígado e nanopartículas magnéticas. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59135/tde-18042016-103858/
    • NLM

      Ladino EAH, Baffa O. Avaliação de um biosusceptômetro baseado no SQUID para medição da concentração do ferro no fígado e nanopartículas magnéticas [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59135/tde-18042016-103858/
    • Vancouver

      Ladino EAH, Baffa O. Avaliação de um biosusceptômetro baseado no SQUID para medição da concentração do ferro no fígado e nanopartículas magnéticas [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59135/tde-18042016-103858/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: