Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Adolescentes em conflito com a lei: relações entre o comportamento delituoso e o de uso de substâncias psicoativas (2015)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: BONO, ELVIO LUCIANO - FFCLRP
  • USP Schools: FFCLRP
  • Sigla do Departamento: 594
  • Subjects: ADOLESCENTES; CRIME; DROGAS DE ABUSO
  • Keywords: adolescentes em conflito com a lei; análise de clusters; Cluster Analysis; Juvenile Offenders; Substance Use; uso de substâncias
  • Language: Português
  • Abstract: A maioria dos jovens emite alguns comportamentos antissociais; uma minoria, porém, irá manifestar tais procedimentos de modo mais frequente, o que pode representar um risco à persistência e ao agravamento dos mesmos, ao longo do tempo. Dentre os comportamentos antissociais encontram-se as condutas delituosas e o uso de sustâncias. Estudos apontam que o uso de substâncias em meio aos adolescentes infratores é maior do que na população em geral de adolescentes e acontece de forma mais preocupante. O presente estudo, ao utilizar dados de uma amostra de 120 adolescentes em conflito com a lei, objetivou caracterizar os comportamentos delituosos bem como os de uso de substâncias, buscando verificar as associações existentes entre eles. Os adolescentes foram recrutados no contexto da custódia inicial, após a elaboração do Boletim de Ocorrência, e convidados a participar do estudo. Seus pais/responsáveis foram contatados e solicitados a autorizarem a participação dos filhos na pesquisa, seguindo as normativas éticas. Para a coleta de dados, foram empregados: Roteiro de Entrevista Sociodemográfica; a Entrevista Estruturada de Delinquência Autorrevelada; DUSI-R (Drug Use Screening Inventory). Análises descritivas e, posteriormente, Análises de Clusters foram realizadas. Para observar as diferenças internas e externas estatisticamente significativas entre os subgrupos, utilizaram-se os testes estatísticos apropriados. Resultados obtidos indicaram que os adolescentes revelaram ter cometido outros delitos além daquele pelo qual estavam custodiados, a maioria não violentos. Com relação às substâncias psicoativas, 84% dos adolescentes referiram ter feito uso e 70%, uso no último mês. Em relação aos que referiram uso das mesmas, as drogas mais usadas na vida e no mês foram a maconha e o álcool. Destaca-se que a maioria dos jovens que referiu uso de substância no último mês, apresentou usobastante frequente de maconha (mais de 20 vezes). O padrão do uso de substâncias dos adolescentes, em termos médios, pode ser descrito do seguinte modo: início do uso aos 12 anos de idade e utilização simultânea de mais de uma substância distinta. A frequência de uso no último mês entre estes foi alta, praticamente, diário. Observou-se, contudo, que a maioria dos adolescentes apresentou padrão de uso considerado não problemático (abstinente e uso experimental) e que as dificuldades associadas ao uso se concentraram na relação com os pares e na escola. As análises de clusters em termos de engajamento infracional, levando em conta os parâmetros idade de cometimento do primeiro delito, número de delitos diferentes cometidos e frequência total dos cometidos na vida, concorreram para o estabelecimento de três agrupamentos. Estes se diferenciaram no tocante aos padrões de uso de substâncias, denotando-se relação positiva entre maior engajamento infracional e padrão de uso mais problemático. Os agrupamentos formados também se diferenciaram externamente em função dos constructos mensurados pelo DUSI-R, sendo que em oito dos dez constructos investigados pelo instrumento, observaram-se diferenças com significância estatística. Diferentes relações droga-crime foram notadas; não é possível estabelecer com exatidão a direção de tais relações. De todo modo, notou-se no presente trabalho as diferenças em meio aos infratores nas duas variáveis focadas, o que impõem reflexões sobre a necessidade de intervenções especializadas e diferenciadas
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 29.09.2015
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FCLRP20800049613Bono, Elvio Luciano
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BONO, Elvio Luciano; BAZON, Marina Rezende. Adolescentes em conflito com a lei: relações entre o comportamento delituoso e o de uso de substâncias psicoativas. 2015.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2015. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59137/tde-14122015-121319/ >.
    • APA

      Bono, E. L., & Bazon, M. R. (2015). Adolescentes em conflito com a lei: relações entre o comportamento delituoso e o de uso de substâncias psicoativas. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59137/tde-14122015-121319/
    • NLM

      Bono EL, Bazon MR. Adolescentes em conflito com a lei: relações entre o comportamento delituoso e o de uso de substâncias psicoativas [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59137/tde-14122015-121319/
    • Vancouver

      Bono EL, Bazon MR. Adolescentes em conflito com a lei: relações entre o comportamento delituoso e o de uso de substâncias psicoativas [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59137/tde-14122015-121319/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: