Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Estudo da blenda PBAT/PLA com cargas (2015)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: VACCIOLI, KLEBER - EP
  • USP Schools: EP
  • Subjects: MATERIAIS COMPÓSITOS; POLÍMEROS (MATERIAIS); BLENDAS
  • Language: Português
  • Abstract: Neste trabalho foram obtidos compósitos a partir da blenda comercial 100% biodegradável Ecovio® C2224 da BASF, uma blenda polimérica formada por um copoliéster biodegradável, o Ecoflex® poli[(adipato de butileno)-co-(tereftalato de butileno)] também da BASF e 45% em massa de PLA poli(ácido láctico). Como carga, utilizaram-se dois tipos de argilas comerciais do grupo das esmectitas, ambas predominantemente montmorilonitas: Cloisite Sódica® e Cloisite 30B®. Também foi utilizado como carga a sílica coloidal comercial Aerosil 200®, com área superficial de 200 m2/g e diâmetro médio de 12nm. Os compósitos estudados, ambos contendo 5% e 10% em massa, foram obtidos pelo método de intercalação no polímero fundido, em uma extrusora de rosca dupla, acoplada a um reômetro de torque (Thermo-Haake polylab system PTW-16). O presente estudo foi dividido em três etapas: 1ª) etapa: Obtenção e caracterização dos compósitos de Ecovio®/ argila e Ecovio® / sílica; 2ª) etapa: Avaliação da fotodegradação do Ecovio® puro e dos compósitos obtidos; 3ª) etapa: Avaliação da biodegradabilidade do Ecovio® puro e dos compósitos após exposição em câmara de UV. As propriedades mecânicas dos compósitos antes e depois de serem submetidos à exposição em câmara de UV foram avaliadas por meio de ensaios de resistência à tração e resistência ao impacto Izod. Os resultados mecânicos realizados na 1º etapa deste trabalho apresentaram grandes melhorias em módulo de elasticidade para todas as misturas. Destacam-se, porém, as composições com 5% e 10% em massa de sílica coloidal, apresentando ganhos de até 115% no módulo de elasticidade, sem perdas significativas na resistência à tração, alongamento e resistência ao impacto, quando comparadas à fase matriz.Já na 2º etapa, todas as composições apresentam redução significativa nas propriedades mecânicas em função do aumento do tempo de exposição à radiação UV, evidenciando a ocorrência de um processo fotodegradativo. Na 3º etapa, independente do tipo ou teor de carga presente no polímero, todas as composições apresentaram índices de biodegradabilidade em 120 dias, de em média 40 a 60%, dependendo do tempo de exposição à radiação UV.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 04.08.2015
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    EPBC31200009871FD-6641 versão corr.
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      VACCIOLI, Kléber; VALERA, Ticiane Sanches. Estudo da blenda PBAT/PLA com cargas. 2015.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3133/tde-12072016-101827/pt-br.php >.
    • APA

      Vaccioli, K., & Valera, T. S. (2015). Estudo da blenda PBAT/PLA com cargas. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3133/tde-12072016-101827/pt-br.php
    • NLM

      Vaccioli K, Valera TS. Estudo da blenda PBAT/PLA com cargas [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3133/tde-12072016-101827/pt-br.php
    • Vancouver

      Vaccioli K, Valera TS. Estudo da blenda PBAT/PLA com cargas [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3133/tde-12072016-101827/pt-br.php

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: