Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Impacto da inovação aberta sobre o desempenho de inovação e organizacional (2015)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: LOPES, ANA PAULA VILAS BOAS VIVEIROS - EP
  • USP Schools: EP
  • Sigla do Departamento: PRO
  • Subjects: INOVAÇÕES TECNOLÓGICAS; COOPERAÇÃO; DESEMPENHO ORGANIZACIONAL
  • Language: Português
  • Abstract: A abertura das fronteiras das empresas tornou-se uma importante tendência na gestão da inovação. Esta tese teve como objetivo principal analisar a relação entre inovação aberta e desempenho de inovação e desempenho organizacional das empresas. Esta tese segue o modelo de tese por produção acadêmica ou tese por artigos científicos. É composta por oito artigos, sendo quatro publicados e quatro submetidos. Os métodos de pesquisa utilizados foram revisão sistemática de literatura, estudo de caso longitudinal e survey, mesclando abordagem qualitativa e quantitativa. As revisões sistemáticas de literatura permitiram a definição do tema de pesquisa, a identificação das variáveis mais relevantes, bem como a elaboração do modelo teórico-conceitual da tese. O estudo de caso longitudinal foi realizado entre 2009 e 2015, cujo caso selecionado foi um consórcio envolvendo Universidades, empresas concorrentes montadoras de automóveis, fornecedores automotivos e empresas complementares (óleo e combustível). O estudo de caso caracterizou-se como uma etapa exploratória da pesquisa de campo, onde os construtos e variáveis identificados nas revisões sistemáticas de literatura puderam ser explorados em profundidade, o que contribuiu para a elaboração da etapa confirmatória da pesquisa. A coleta de dados do estudo de caso envolveu análise documental, observação direta dos pesquisadores e entrevistas semiestruturadas. A etapa confirmatória da pesquisa de campo se deu por meio de uma pesquisa quantitativa do tipo survey, realizada com 126 profissionais de empresas que trabalham a inovação de maneira colaborativa.O instrumento de coleta de dados para o survey foi um questionário, cujos resultados foram tratados utilizando o modelo de equações estruturais (SEM – Structural Equation Model), com a estimação dos mínimos quadrados parciais (PLS – Partial Least Squares), por meio do software SmartPLS 2.0. O construto inovação aberta desdobrou-se em três variáveis latentes de primeira ordem, sendo elas inbound (prospecção de tecnologia), outbound (exploração de tecnologia) e capacidade de absorção. Houve significância e duas hipóteses da pesquisa foram confirmadas, indicando que a inovação aberta tem influência positiva no desempenho de inovação das empresas e que este mesmo desempenho influencia positivamente o desempenho organizacional. As empresas ainda não conseguem visualizar uma influência direta entre inovação aberta e desempenho organizacional.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 28.08.2015

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      LOPES, Ana Paula Vilas Boas Viveiros; CARVALHO, Marly Monteiro de. Impacto da inovação aberta sobre o desempenho de inovação e organizacional. 2015.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015.
    • APA

      Lopes, A. P. V. B. V., & Carvalho, M. M. de. (2015). Impacto da inovação aberta sobre o desempenho de inovação e organizacional. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Lopes APVBV, Carvalho MM de. Impacto da inovação aberta sobre o desempenho de inovação e organizacional. 2015 ;
    • Vancouver

      Lopes APVBV, Carvalho MM de. Impacto da inovação aberta sobre o desempenho de inovação e organizacional. 2015 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2019