Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Phytophthora nicotianae: ação de meios de cultura e da qualidade da luz no crescimento e esporulação e aspectos fisiológicos e bioquímicos da interação com porta-enxertos cítricos (2015)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SANTOS, PAULO CéZAR DAS MERCêS - ESALQ
  • USP Schools: ESALQ
  • Subjects: FRUTAS CÍTRICAS; FUNGOS FITOPATOGÊNICOS (CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO); LUZ; MEIOS DE CULTURA; PORTA-ENXERTOS; RESISTÊNCIA GENÉTICA VEGETAL
  • Language: Português
  • Abstract: A citricultura brasileira apresenta números bastante significativos e expressivos, refletindo a grande importância social e econômica que essa atividade agrícola e industrial tem para a economia do país. O Brasil se destaca como o maior produtor de laranja do mundo. As plantas cítricas podem ser produzidas e multiplicadas de várias formas e a enxertia é a forma de propagação vegetativa mais utilizada comercialmente no Brasil. Dentre os porta-enxertos mais empregados, sobressaem-se o citrumeleiro Swingle e a tangerineira Sunki. Apesar das vantagens presentes nesses dois genótipos, a produção deles está sendo limitada por doenças causadas por fungos e estraminipilas. Em citros, as diversas espécies de Phytophthora são responsáveis pelas doenças gomose e podridões, principalmente de radicelas. P. nicotianae é a espécie que mais afeta as plantas cítricas no Brasil. Não obstante a grande importância de P. nicotianae para os porta-enxertos, alguns mecanismos de resistência ou susceptibilidade ainda requerem mais investigações cientificas. O presente trabalho visa a elucidação de alguns mecanismos de resistência dos citros a P. nicotianae, por meio de estudos fisiológicos e bioquímicos dos porta-enxertos, além da ação de meios de cultura e da qualidade da luz no estudo da fisiologia desse estraminipila. Para isso realizou-se a detecção de alguns equivalentes de compostos fenólicos através da técnica HPLC e o comportamento do genótipo resistente frente à possível inibição da síntesede compostos fenólicos através do tratamento das raízes do porta-enxerto Swingle com Pro-Ca; avaliou-se a atração de zoósporos de P. nicotianae por exsudatos radiculares provenientes dos dois porta-enxertos com o uso de uma armadilha adaptada; verificou-se o comportamento do zoósporo, a motilidade e a zoosporogênese frente à ação de vários compostos fenólicos e testou-se a ação de diferentes meios de culturas e da qualidade da luz no crescimento micelial e na esporulação de P. nicotianae. Os resultados revelaram que a tangerineira Sunki possui maiores quantidades de equivalentes em apigenina que o citrumeleiro Swingle nos dois períodos de avaliação, para o HPLC. O porta-enxerto resistente apresentou mais equivalentes de ácido clorogênico que o genótipo susceptível. Quanto ao Pro-Ca, os equivalentes de compostos fenólicos em raízes de plântulas do citrumeleiro Swingle não diferiram daquelas plantas tratadas com água. O Pro-Ca não inibiu e não desativou a síntese de compostos fenólicos. O uso do anticorpo contra a elicitina "α-plurivorina" teve resultados intermediários no consumo de água por plântulas de tangerineira Sunki e a atividade zoosporicida dos compostos fenólicos apresentou resultados variáveis no comportamento da motilidade de zoósporos. Os compostos fenólicos escopoletina e tricetinpentametoxi conseguiram paralisar a motilidade e proporcionaram as menores porcentagens de zoosporogênese. O meio de cultura AA permitiu a maior TCMD, seguido de CA eV8-CaCO3-Ágar. Os maiores valores de esporulação foram encontrados nesses dois últimos meios, respectivamente. Todas as faixas de luzes (e a ausência de luz) estudadas no presente trabalho podem ser avaliadas para o crescimento micelial, porém o tratamento claro foi aquele que mais induziu a esporulação de zoósporos de P. nicotianae
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 03.11.2015
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    ESABC10500129088SANTOS, P. C. das M.
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SANTOS, Paulo Cézar das Mercês; MASSOLA JÚNIOR, Nelson Sidnei. Phytophthora nicotianae: ação de meios de cultura e da qualidade da luz no crescimento e esporulação e aspectos fisiológicos e bioquímicos da interação com porta-enxertos cítricos. 2015.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2015. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11135/tde-05012016-105803/ >.
    • APA

      Santos, P. C. das M., & Massola Júnior, N. S. (2015). Phytophthora nicotianae: ação de meios de cultura e da qualidade da luz no crescimento e esporulação e aspectos fisiológicos e bioquímicos da interação com porta-enxertos cítricos. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11135/tde-05012016-105803/
    • NLM

      Santos PC das M, Massola Júnior NS. Phytophthora nicotianae: ação de meios de cultura e da qualidade da luz no crescimento e esporulação e aspectos fisiológicos e bioquímicos da interação com porta-enxertos cítricos [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11135/tde-05012016-105803/
    • Vancouver

      Santos PC das M, Massola Júnior NS. Phytophthora nicotianae: ação de meios de cultura e da qualidade da luz no crescimento e esporulação e aspectos fisiológicos e bioquímicos da interação com porta-enxertos cítricos [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11135/tde-05012016-105803/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: