Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Irrigação com água salina no desenvolvimento e produção da mini melancia em diferentes concentrações de CO2 atmosférico (2015)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SOUSA, ALAN BERNARD OLIVEIRA DE - ESALQ
  • USP Schools: ESALQ
  • Subjects: DESENVOLVIMENTO VEGETAL; DIÓXIDO DE CARBONO; EFEITO ESTUFA; IRRIGAÇÃO; MELANCIA (PRODUÇÃO); SALINIDADE DA ÁGUA
  • Language: Português
  • Abstract: O aumento contínuo das emissões de gases causadores do efeito estufa resulta em níveis elevados de aquecimento do planeta. Estes efeitos, relacionados à mudança do clima, representam impactos na saúde humana, na produção de alimentos, nos ecossistemas e no abastecimento hídrico. Com o abastecimento hídrico afetado, as águas de menor qualidade para fins de irrigação, tornam-se importantes fontes hídricas para produção de alimentos. Dessa forma, objetivou-se estudar a tolerância da mini melancia à salinidade, bem como a resposta da cultura ao incremento de CO2 atmosférico, sob irrigação salina e não salina. O primeiro experimento foi realizado na Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ-Piracicaba), em casa de vegetação. Cultivaram-se plantas de mini melancia, cv. Smile, irrigadas com água de diferentes condutividades elétricas- CEa (1, 2, 3, 4 e 5 dSm-1) com o objetivo de estudar a tolerância das plantas, em função do estresse salino. O segundo experimento foi realizado no Centro Nacional de Pesquisa de Informática Agropecuária (CNPTIA-Campinas) em duas câmaras de crescimento. Com objetivo de estudar como o incremento do CO2 atmosférico afeta a tolerância à salinidade da mini melancia cv. Smile. Na primeira câmara de crescimento (C1), cultivaram-se as plantas irrigadas com águas de diferentes condutividades elétricas- CEa (1 e 5 dSm-1), com aumento da concentração atmosférica de CO2 para 800 ppm. Na segunda câmara de crescimento (C2), cultivaram-se as plantasirrigadas com as mesmas condutividades elétricas da C1, entretanto com a concentração de CO2 atmosférico de 400 ppm. A salinidade afetou negativamente e o aumento da concentração de CO2 afetou positivamente a massa e o tamanho dos frutos da mini melancia. Assim, conclui-se que a mini melancia cv. Smile é moderadamente sensível à salinidade e que o aumento da concentração de CO2 atmosférico favorece o desenvolvimento dos frutos irrigados com água salina e não salina
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 09.10.2015
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    ESABC10500129149t635.615 S725i e.2 110122
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SOUSA, Alan Bernard Oliveira de; DUARTE, Sergio Nascimento. Irrigação com água salina no desenvolvimento e produção da mini melancia em diferentes concentrações de CO2 atmosférico. 2015.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2015. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11152/tde-14122015-172156/ >.
    • APA

      Sousa, A. B. O. de, & Duarte, S. N. (2015). Irrigação com água salina no desenvolvimento e produção da mini melancia em diferentes concentrações de CO2 atmosférico. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11152/tde-14122015-172156/
    • NLM

      Sousa ABO de, Duarte SN. Irrigação com água salina no desenvolvimento e produção da mini melancia em diferentes concentrações de CO2 atmosférico [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11152/tde-14122015-172156/
    • Vancouver

      Sousa ABO de, Duarte SN. Irrigação com água salina no desenvolvimento e produção da mini melancia em diferentes concentrações de CO2 atmosférico [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11152/tde-14122015-172156/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: