Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Rede social e envelhecimento: relação com funcionalidade e óbito (2015)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: BRITO, TABATTA RENATA PEREIRA DE - EE
  • USP Schools: EE
  • Subjects: IDOSOS; APOIO SOCIAL; ATIVIDADES COTIDIANAS; ENFERMAGEM GERIÁTRICA; ENFERMAGEM
  • Keywords: Activities of Daily Living; Aged; Aged; 80 and over; Geriatric Nursing; Idoso de 80 Anos ou mais; Social Support
  • Language: Português
  • Abstract: Objetivo: Caracterizar as redes sociais dos idosos e identificar o impacto das mesmas no óbito e na funcionalidade. Método: Estudo longitudinal de base populacional que utilizou as coortes de 2006 (n=1413) e 2010 (n=990) do Estudo SABE. Para caracterização das redes sociais utilizou-se as seguintes variáveis: número de integrantes da rede; arranjo domiciliar; sexo e idade dos integrantes; co-residência com criança ou apenas com idosos; satisfação com a relação; recebimento e oferecimento de apoio social (financeiro, material, emocional, realização de tarefas dentro e fora de casa, companhia e cuidados pessoais). Utilizou-se regressão logística e modelo de riscos proporcionais de Cox para a análise dos dados. Todos os cuidados éticos foram observados. Resultados: As redes sociais dos idosos possuem, em média, 8,15 integrantes e são constituídas predominantemente por familiares com idade entre 15 e 59 anos. A maior proporção de idosos não recebe ou não oferece apoio social aos integrantes de sua rede. Tanto na rede formada por residentes no domicílio, quanto na formada por filhos que moram fora da casa, observou-se que os idosos mais dependentes recebem mais apoio material, para realização de tarefas domésticas, fora de casa e cuidados pessoais, enquanto os idosos independentes recebem mais apoio emocional e companheirismo. Já na rede composta por outros familiares e amigos, os idosos mais dependentes recebem e oferecem mais companhia. Os idosos que diminuíram o nível de dependência de 2006 para 2010 e que mantiveram a mesma condição de 2006 em 2010 recebiam e ofereciam mais apoio em 2006.Já os que aumentaram o nível de dependência passaram a receber mais cuidado pessoal e apoio para realização de tarefas domésticas em 2010. Oferecer apoio social (HR=0,66; IC95%=0,48-0,91), possuir de 9 a 11 integrantes na rede (HR=0,67; IC95%=0,46-0,97) e 12 ou mais integrantes (HR=0,58; IC95%=0,35-0,96) diminuiu o risco de óbito, independente de condições sociodemográficas e de saúde. Oferecer apoio social (OR=0,32; IC95%=0,14-0,71) diminuiu as chances de desenvolver dependência, independente de condições sociodemográficas e de saúde. Conclusão: O fortalecimento das redes sociais na velhice deve ser implementado como um hábito a ser desenvolvido e perpetuado. Os profissionais de saúde devem estimular a formação de redes sociais onde o idoso possa, efetivamente, trocar apoio. A confiança no cuidado informal, oferecido, principalmente pelas redes domiciliares, pode não ser a melhor opção para lidar com a demanda de cuidado crescente que acompanha o envelhecimento da população brasileira
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 29.04.2015
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    EE10200027547T4579 (corrigida)
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BRITO, Tabatta Renata Pereira de; DUARTE, Yeda Aparecida de Oliveira. Rede social e envelhecimento: relação com funcionalidade e óbito. 2015.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7139/tde-09122015-154049/ >.
    • APA

      Brito, T. R. P. de, & Duarte, Y. A. de O. (2015). Rede social e envelhecimento: relação com funcionalidade e óbito. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7139/tde-09122015-154049/
    • NLM

      Brito TRP de, Duarte YA de O. Rede social e envelhecimento: relação com funcionalidade e óbito [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7139/tde-09122015-154049/
    • Vancouver

      Brito TRP de, Duarte YA de O. Rede social e envelhecimento: relação com funcionalidade e óbito [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7139/tde-09122015-154049/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: