Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Bioprospecção de xilanase e α-amilase por meio de métodos independentes e dependentes de cultivo microbiano em um solo de manguezal (2015)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SILVA, MYLENNE CALCIOLARI PINHEIRO DA - ESALQ
  • USP Schools: ESALQ
  • Subjects: AMILASES; BACTÉRIAS; ECOSSISTEMAS DE MANGUE; ENZIMAS CELULOLÍTICAS; MICROBIOLOGIA DO SOLO
  • Keywords: Endoamilase
  • Language: Português
  • Abstract: A xilanase e a α-amilase são enzimas responsáveis por degradar parte da matéria orgânica nos solos, atuando na mineralização da hemicelulose e do amido, respectivamente. Do ponto de vista biotecnológico, estas enzimas, assim como os subprodutos gerados pela sua ação enzimática, podem ser utilizados em diversos setores industriais. Os manguezais podem representar uma fonte promissora e inexplorada para a busca de enzimas microbianas em função das altas quantidades de matéria vegetal em decomposição presente neste ecossistema, onde ocorrem condições ambientais únicas, representadas pela combinação da anaerobiose e salinidade. No presente trabalho, métodos independentes e dependentes de cultivo microbiano foram utilizados para a bioprospecção de enzimas xilanolíticas e amilolíticas em um ambiente de manguezal. A partir da triagem funcional de uma biblioteca metagenômica foram obtidos 3 clones xilanolíticos. Estes foram sequenciados e os reads utilizados para montagem dos contigs e posterior anotação dos genes. Uma das ORFs geradas da anotação do contig MgrBr135 foi utilizada para subclonagem em vetor de expressão demonstrando atividade amilolítica. A análise filogenética do contig MgrBr135 mostrou afiliação da mesma ao filo Planctomycetes. Por meio do método dependente de cultivo, foram isolados 44 bactérias xilanolíticas do solo de manguezal. Destas, 73% apresentaram índices enzimáticos (IE) elevados quando submetidos ao teste qualitativo (cup plate). A estirpebacteriana 11 foi a que se destacou das demais por ter apresentado IE de 10,9. Quando submetidas ao teste quantitativo, o isolado 39 se destacou produzindo uma atividade enzimática de 0,43 U/mL. O sequenciamento parcial do gene 16S rRNA das estirpes permitiu a identificação dos isolados como pertencentes a dois gêneros: Bacillus e Paenibacillus. Estes resultados destacam a importância de estudos sobre as bactérias encontradas nos manguezais, e indicam os grupos bacterianos que hospedam estas características, o que deve dar maior suporte a exploração deste recurso como ferramentas biotecnológicas, a serem utilizadas na degradação da hemicelulose e amido
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 30.11.2015
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    ESABC10500129153t631.46 S586b e.2 110138
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SILVA, Mylenne Calciolari Pinheiro da; LIRA, Simone Possedente de. Bioprospecção de xilanase e α-amilase por meio de métodos independentes e dependentes de cultivo microbiano em um solo de manguezal. 2015.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2015. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11138/tde-08012016-102539/ >.
    • APA

      Silva, M. C. P. da, & Lira, S. P. de. (2015). Bioprospecção de xilanase e α-amilase por meio de métodos independentes e dependentes de cultivo microbiano em um solo de manguezal. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11138/tde-08012016-102539/
    • NLM

      Silva MCP da, Lira SP de. Bioprospecção de xilanase e α-amilase por meio de métodos independentes e dependentes de cultivo microbiano em um solo de manguezal [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11138/tde-08012016-102539/
    • Vancouver

      Silva MCP da, Lira SP de. Bioprospecção de xilanase e α-amilase por meio de métodos independentes e dependentes de cultivo microbiano em um solo de manguezal [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11138/tde-08012016-102539/