Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Sustentabilidade e gestão de pessoas: evidências do setor bancário brasileiro (2015)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: MACINI, NAYELE - FEARP
  • USP Schools: FEARP
  • Subjects: SUSTENTABILIDADE; ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS; BANCOS
  • Keywords: Brazilian banking industry; Gestão sustentável de pessoas; Organizational sustainability; Setor bancário brasileiro; Sustainable Human Resources Management; Sustentabilidade Organizacional
  • Language: Português
  • Abstract: Todas as áreas de uma organização dependem em grande medida da ação das pessoas. Logo, se o intuito é ser sustentável, a organização deve proporcionar o alinhamento entre as diretrizes da sustentabilidade e suas iniciativas. Um dos desafios da gestão de pessoas está em gerir as organizações em relação aos seus recursos humanos-sociais, naturais e econômicos, envolvendo a sustentabilidade organizacional à sua área de atuação. O setor bancário brasileiro por apresentar um grande poder econômico e financeiro, tem capacidade de investir em ações abrangendo os âmbitos social e ambiental. Equilibrar os investimentos para os três aspectos do tripé da sustentabilidade é parte das transformações sugeridas pela GSP (Gestão Sustentável de Pessoas). A fim de identificar se a gestão de pessoas do setor bancário brasileiro está alinhada às estratégias de sustentabilidade organizacional, analisando suas iniciativas da GSP, foi desenvolvida uma análise descritiva, qualitativa-quantitativa, baseada em análise de conteúdo e análises das informações da triangulação de dados envolvendo: os relatórios anuais ou de sustentabilidade dos bancos, acórdãos trabalhistas finalizados no ano de 2014 do Tribunal Regional do Trabalho da 2a Região de São Paulo, e informações da Federação Brasileira de Bancos e do Sindicato dos Bancários e Financiários de São Paulo, Osasco e Região. Dentre os subsistemas de Gestão de pessoas analisados, a área de Recrutamento e Seleção, Sistema de Pagamento e Recompensa e Gestão de Desempenho e Avaliação, são os que precisam de maior detalhamento no reporte dos bancos. Dos acórdãos analisados, os índices mais recorrentes foram queixas relativas às horas extras, e em seguida, indenizações por assédio moral. As solicitações de doenças profissionais tiveram índices baixos, apresentando melhoria no setor frente à essas questões. Os bancos em geralnão atingiram o nível de integrar e embutir extremamente as diretrizes em cada um dos aspectos do tripé da sustentabilidade, sendo o Itaú Unibanco o banco que apresentou mais detalhadamente suas ações. Embora o interesse na GSP, que agrega a sustentabilidade organizacional aos subsistemas de gestão de pessoas, tem sido recorrente, mais pesquisas são necessárias para dar forma e desenvolver um guia de implicações práticas, com clareza e objetividade para serem seguidas pelas organizações. Por meio da metodologia sistêmica (SSM), um quadro de ações foi desenvolvido, com intuito de proporcionar apoio, tanto estratégico quanto operacional, ao setor bancário brasileiro, para que a sustentabilidade organizacional seja implantada em suas ações. Nesse sentido, esta pesquisa agregou valor por avançar na exploração desta lacuna na literatura, bem como no delineamento das categorias dos subsistemas de Gestão de Pessoas. Por fim, a pesquisa proporcionou reflexões teóricas quanto a GSP e, a análise das ações e iniciativas do setor bancário brasileiro permitiu identificar o atual panorama do setor no que tange à sustentabilidade organizacional
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 14.10.2015
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FEARP20700019028Macini, Nayele
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MACINI, Nayele; CALDANA, Adriana Cristina Ferreira. Sustentabilidade e gestão de pessoas: evidências do setor bancário brasileiro. 2015.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2015. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/96/96132/tde-15122015-153550/ >.
    • APA

      Macini, N., & Caldana, A. C. F. (2015). Sustentabilidade e gestão de pessoas: evidências do setor bancário brasileiro. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/96/96132/tde-15122015-153550/
    • NLM

      Macini N, Caldana ACF. Sustentabilidade e gestão de pessoas: evidências do setor bancário brasileiro [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/96/96132/tde-15122015-153550/
    • Vancouver

      Macini N, Caldana ACF. Sustentabilidade e gestão de pessoas: evidências do setor bancário brasileiro [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/96/96132/tde-15122015-153550/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: