Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

A sustentabilidade em questão: paradigma ou matriz discursiva? (2015)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: MEYER, GUSTAVO DA COSTA - EACH
  • USP Schools: EACH
  • Subjects: DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL; SUSTENTABILIDADE; SUSTENTABILIDADE (ANÁLISE DO DISCURSO); PARADIGMA
  • Keywords: Discourse matrix; Matriz discursiva; Paradigm; Sustainability
  • Language: Português
  • Abstract: Tendo como base contextual a crise ambiental contemporânea, a qual tem características de crise civilizatória, este trabalho teve como principal objetivo colocar em debate a noção de Desenvolvimento Sustentável (DS), visto que este importante conceito foi politicamente construído e consensuado de forma a ser a principal resposta para a questão ambiental. Dessa maneira, dado que a crise ambiental pede a emergência de um novo paradigma (o qual supere o chamado paradigma da simplificação), que leve em consideração uma mudança de cunho cognitivo, e compreenda o espaço em sua dinâmica de produção e reprodução da vida e em suas múltiplas territorialidades, esta pesquisa buscou analisar a possível constituição da sustentabilidade como este paradigma complexo, ou, ao contrário, se tal noção se resume a uma matriz discursiva que, como tal, obscurece as principais questões que deveriam ser consideradas por um paradigma da complexidade com um, conseqüente, novo aporte teórico-metodológico. Nesse sentido, o caminho metodológico traçado incluiu a discussão das diferentes concepções acerca das noções de matriz discursiva e paradigma, relacionando-se, posteriormente, tais temáticas com a questão ambiental e com a noção de DS em si, em seu viés político e científico. Apesar de dúvidas permanecerem, se considerou que a sustentabilidade parece, realmente, se apresentar muito mais como uma matriz discursiva do que como um paradigma, integrando uma matriz discursiva do meio ambiente. (continua)(continuação) Assim, se pode apontar que o DS se encontra delimitado em um campo institucional específico, com pesquisas e políticas públicas orientadas e influenciadas pelos agentes determinantes hegemônicos de tal campo, como o Banco Mundial, por exemplo. Estes, de acordo com determinada visão de desenvolvimento (como sinônimo de crescimento econômico e se utilizando do viés da economia neoclássica) e da problemática ambiental (relegada a uma questão de gestão ou planejamento ambiental adequado, sem maiores entendimentos com relação a dinâmica territorial em sua totalidade) influenciam os discursos que devem permear o campo ambiental, pautando, inclusive, o conhecimento científico. A noção de DS colocada desta forma não representa, assim, qualquer ruptura com o paradigma da simplificação, sendo apenas uma matriz discursiva que encobre (e desenvolve na prática) o núcleo de tal paradigma, influenciando a práxis dos diversos agentes sociais presentes nos territórios. Como possíveis rupturas com a matriz discursiva do meio ambiente, se procurou apresentar e discutir, também, duas linhas de pensamento, ou coletivos do pensamento, que se apresentam como possíveis novos aportes teórico-metodológicos, condizentes, talvez, com um paradigma da complexidade que leve em conta, principalmente, as noções de totalidade e de complexidade ambiental
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 14.10.2015
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    EACH2743754-10t304 M612s
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MEYER, Gustavo da Costa; CARVALHO, Marcos Bernardino de. A sustentabilidade em questão: paradigma ou matriz discursiva?. 2015.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/100/100134/tde-13112015-140605/ >.
    • APA

      Meyer, G. da C., & Carvalho, M. B. de. (2015). A sustentabilidade em questão: paradigma ou matriz discursiva?. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/100/100134/tde-13112015-140605/
    • NLM

      Meyer G da C, Carvalho MB de. A sustentabilidade em questão: paradigma ou matriz discursiva? [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/100/100134/tde-13112015-140605/
    • Vancouver

      Meyer G da C, Carvalho MB de. A sustentabilidade em questão: paradigma ou matriz discursiva? [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/100/100134/tde-13112015-140605/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: