Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Distribuição pessoal da renda e elasticidade renda da demanda por importações no Brasil: evidências a partir de regressões quantílicas para o período 2002-2009 (2015)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SOUTO, ARTUR MOREIRA - FEA
  • USP Schools: FEA
  • Subjects: DISTRIBUIÇÃO DE RENDA; DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO; BALANÇO DE PAGAMENTOS
  • Keywords: Balance of payments; Crescimento sob restrição externa; Economic development; Growth under external constraint; Income distribution
  • Language: Português
  • Abstract: Esta dissertação busca contribuir para a literatura sobre as elaticidades renda da demanda por importações. Mais especificamente, procura analisar em que medida a questão da distribuição pessoal da renda se relaciona com estas elasticidades para o Brasil. O país apresentou nos anos 2000 um processo singular de desenvolvimento, marcado por crescimento econômico com distribuição de renda. Analisa-se este processo através das perspectivas da teoria do crescimento sob restrição externa e da teoria da CEPAL, que consideram a elasticidade renda das importações um dos determinantes fundamentais ao processo de desenvolvimento. A indústria brasileira cresceu, como resposta tanto à expansão do consumo interno e quanto à dinâmica favorável internacional para os produtos da indústria extrativa. Já a indústria de transformação se voltou para dentro, uma vez que apresentou crescimento mas reduziu suas exportações. Entretanto, a penetração das importações desta indústria também aumentou. Tendo este cenário como motivação, realiza-se um exercício empírico de estimativa das elasticidades renda da demanda por importações a partir de dados de consumo das Pesquisas de Orçamentos Familiares dos biênios 2002-2003 e 2008-2009, com o objetivo de comparar a evolução das elasticidades para diferentes classes de renda. Os resultados sugerem que, apesar da melhora na distribuição de renda e da subsequente expansão do consumo, a indústria nacional não atendeu à demanda. A elasticidade renda da demandapor importações aumentou, e o aumento foi maior para as classes mais pobres
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 04.12.2015
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FEA2743830-10T339.2 S728d
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SOUTO, Artur Moreira; LIMA, Gilberto Tadeu. Distribuição pessoal da renda e elasticidade renda da demanda por importações no Brasil: evidências a partir de regressões quantílicas para o período 2002-2009. 2015.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12138/tde-22022016-153505/ >.
    • APA

      Souto, A. M., & Lima, G. T. (2015). Distribuição pessoal da renda e elasticidade renda da demanda por importações no Brasil: evidências a partir de regressões quantílicas para o período 2002-2009. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12138/tde-22022016-153505/
    • NLM

      Souto AM, Lima GT. Distribuição pessoal da renda e elasticidade renda da demanda por importações no Brasil: evidências a partir de regressões quantílicas para o período 2002-2009 [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12138/tde-22022016-153505/
    • Vancouver

      Souto AM, Lima GT. Distribuição pessoal da renda e elasticidade renda da demanda por importações no Brasil: evidências a partir de regressões quantílicas para o período 2002-2009 [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12138/tde-22022016-153505/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: