Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Análise in vivo da redução bacteriana em dentes portadores de periodontite apical primária e sua correlação com o sucesso do tratamento endodôntico (2015)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SILVEIRA, AMANDA DA COSTA - FO
  • USP Schools: FO
  • Subjects: TRATAMENTO DO CANAL RADICULAR; PERIODONTITE PERIAPICAL; TOMOGRAFIA; ENDODONTIA
  • Keywords: Apical periodontitis; Cone-Beam Computed Tomography; Periodontite apical; Root canal therapy; Tomografia Computadorizada de Feixe Cônico; Tratamento do canal radicular
  • Language: Português
  • Abstract: O principal objetivo do tratamento endodôntico em dentes com infecções primárias é a cura da periodontite apical, o que ocorre geralmente após a máxima redução de micro-organismos do canal radicular. Métodos microbiológicos moleculares são os métodos de escolha para avaliar a redução de micro-organismos após o tratamento endodôntico por serem mais sensíveis, específicos e precisos do que os métodos baseados em cultura bacteriológica. Entretanto, poucos estudos clínicos avaliaram a eficácia antimicrobiana do tratamento endodôntico por métodos moleculares. Além disso, até o presente momento, não há nenhum estudo correlacionando esses dados com o sucesso do tratamento endodôntico. Portanto, os objetivos do presente estudo foram: (a) avaliar in vivo, por métodos moleculares quantitativos, a concentração de bactérias nos canais radiculares e sua, correlação com aspectos clínicos e radiográficos; (b) correlacionar a redução bacteriana após o tratamento endodôntico com reparo apical após controle radiográfico e tomográfico. Trinta e quatro pacientes portadores de dentes com necrose pulpar e periodontite apical foram selecionados para o estudo. O protocolo de antissepsia consistiu em realizar o Preparo Químico-Cirúrgico (PQC) com sistema Reciproc e NaOCl 2,5%; irrigação final com EDTA-T 17%; e medicação intracanal com pasta de hidróxido de cálcio por 14 dias antes da obturação dos canais radiculares. Foram realizadas coletas microbiológicas dos canais radiculares no início dotratamento e na segunda sessão, após a remoção da medicação intracanal antes da obturação. As amostras microbiológicas foram analisadas por Reação em Cadeia da Polimerase quantitativa (qPCR) para detecção e quantificação de bactérias utilizando iniciadores universais para o domínio Bactéria. Para análise do sucesso do tratamento endodôntico, foram analisados aspectos clínicos, radiográficos e tomográficos após um período mínimo de controle de 1 ano. Os casos foram classificados em 4 categorias: ausência de rarefação óssea periapical, redução ou aumento e incerto. Bactérias foram observadas em 100% das amostras iniciais coletadas, com concentrações medianas de 1,68 x 106 cópias de DNA. A análise estatística de regressão logística não apresentou correlação entre concentrações de DNA bacteriano com dados clínicos. Após o tratamento endodôntico, as medianas das concentrações de bactérias foram de 8.72 x 102, os resultados mostraram que houve diminuição significativa na concentração de DNA bacteriano (p104) persistentes após os procedimentos de antissepsia e um caso apresentou obturação deficiente. Entretanto, a análise estatística de regressão logística não identificou nenhum fator específico associado ao insucesso endodôntico. A análise tomográfica foi realizada em 12 dos 18 pacientes. Os achados tomográficos confirmaram ausência/ redução da rarefação periapical verificada na radiografia, com exceção de um caso onde não houve redução da área da rarefação. Conclui-se que dentescom necrose pulpar e periodontite apical apresentam uma elevada concentração de bactérias no sistema de canais radiculares. O tratamento endodôntico foi eficaz em reduzir significativamente a quantidade de bactérias dos canais radiculares e promover uma elevada taxa de sucesso endodôntico
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 16.10.2015
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FO11500029433T5.077
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SILVEIRA, Amanda da Costa; CALDEIRA, Celso Luiz. Análise in vivo da redução bacteriana em dentes portadores de periodontite apical primária e sua correlação com o sucesso do tratamento endodôntico. 2015.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23145/tde-25022016-160430/ >.
    • APA

      Silveira, A. da C., & Caldeira, C. L. (2015). Análise in vivo da redução bacteriana em dentes portadores de periodontite apical primária e sua correlação com o sucesso do tratamento endodôntico. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23145/tde-25022016-160430/
    • NLM

      Silveira A da C, Caldeira CL. Análise in vivo da redução bacteriana em dentes portadores de periodontite apical primária e sua correlação com o sucesso do tratamento endodôntico [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23145/tde-25022016-160430/
    • Vancouver

      Silveira A da C, Caldeira CL. Análise in vivo da redução bacteriana em dentes portadores de periodontite apical primária e sua correlação com o sucesso do tratamento endodôntico [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23145/tde-25022016-160430/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: