Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

A experiência do cuidado ao usuário em sofrimento psíquico no cotidiano da Equipe de Saúde da Família (2015)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: PAIVA, DANIELA CRISTINA PROFITTI DE - EE
  • USP Schools: EE
  • Sigla do Departamento: ENS
  • Subjects: ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE; SAÚDE DA FAMÍLIA; ESTRESSE PSICOLÓGICO; SAÚDE MENTAL; EQUIPE DE ASSISTÊNCIA AO PACIENTE
  • Keywords: Estratégia Saúde da Família; Family Health Strategy; Mental Health; Mental Suffering; Primary Health Care; Team Work; Trabalho em Equipe
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: O sofrimento mental é resultado da interação entre o impacto emocional de determinado fato na vida da pessoa, sua condição social, temperamento, história de vida e rede de apoio, dessa forma, o sofrimento psíquico não é exclusivo aos indivíduos com diagnóstico de transtorno mental, mas presente na vida de todos. A reforma psiquiátrica, contemporânea à reforma sanitária, levou à desinstitucionalização dos pacientes com diagnóstico de transtorno mental, bem como à criação de uma rede de atenção substitutiva ao hospital psiquiátrico, com o objetivo de promover a cidadania do indivíduo por meio de sua inclusão social, além de buscar a habilitação da sociedade para conviver com o diferente. O Ministério da Saúde orienta a inserção da Saúde Mental (SM) na Atenção Básica (AB), bem como a Estratégia Saúde da Família (ESF) como estratégia de reorganização do sistema de atenção à saúde e fortalecimento do SUS. Objetivos: Conhecer a experiência da equipe de saúde da família no atendimento ao usuário em sofrimento psíquico no cotidiano da prática assistencial. Metodologia: Trata-se de estudo exploratório, descritivo. Os dados foram obtidos com a aplicação de um questionário de identificação e de grupo focal a quatro equipes de saúde da família. Os dados foram analisados utilizando-se a técnica de Análise de Conteúdo de Bardin. Resultados: A equipe de saúde da família identifica o atendimento ao usuário em sofrimento psíquico em seu cotidiano de trabalho. Reconhece o sofrimento como evento multideterminado.Utiliza como estratégias de cuidado ao usuário o vínculo, o acolhimento, a longitudinalidade, o acesso, a escuta qualificada, o trabalho em equipe, a ação reflexiva; para o cuidado da equipe utilizam o compartilhar de casos e angústias, o trabalho em equipe e momentos de descontração em equipe; para o auto cuidado são utilizadas estratégias de cuidado físico, espiritual, planejamento das atividades profissionais e tentativa de distanciamento do sofrimento. A equipe de saúde percebe-se em sofrimento diante da exposição à violência e da sensação de impotência, com repercussões em sua saúde mental, física e nas relações familiares. Conclusão: A organização do trabalho na ESF favorece a ampliação da percepção das necessidades de saúde da população, porém os profissionais deparam-se no cotidiano de trabalho com a miséria, a violência, com o suporte organizacional e o trabalho em rede insuficientes, tornando-se vítimas de sua formação biologicista e onipotente, insuficiente ao se tratar da complexidade da SM e da própria vida com todas as esferas que a compõem. O sofrimento do profissional, exposto no presente trabalho, evidencia a necessidade da garantia institucional de um espaço em que o trabalhador possa discutir a organização do trabalho, expor suas dúvidas, angústias e dificuldades pessoais. A proposição desta pesquisa é a implementação de espaço de supervisão aos profissionais da ESF, tendo os profissionais de SM da equipe do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) como mediadores e apoiadores nesse processo.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 07.12.2015
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    EE10200028378T4596
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PAIVA, Daniela Cristina Profitti de; GRYSCHEK, Anna Luiza de Fatima Pinho Lins. A experiência do cuidado ao usuário em sofrimento psíquico no cotidiano da Equipe de Saúde da Família. 2015.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7144/tde-11012016-134535/ >.
    • APA

      Paiva, D. C. P. de, & Gryschek, A. L. de F. P. L. (2015). A experiência do cuidado ao usuário em sofrimento psíquico no cotidiano da Equipe de Saúde da Família. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7144/tde-11012016-134535/
    • NLM

      Paiva DCP de, Gryschek AL de FPL. A experiência do cuidado ao usuário em sofrimento psíquico no cotidiano da Equipe de Saúde da Família [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7144/tde-11012016-134535/
    • Vancouver

      Paiva DCP de, Gryschek AL de FPL. A experiência do cuidado ao usuário em sofrimento psíquico no cotidiano da Equipe de Saúde da Família [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7144/tde-11012016-134535/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: