Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Simulações computacionais em ecologia de comunidades: uma interface intuitiva entre modelos verbais e matemáticos (2015)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: MANDAI, CAMILA YUMI - IB
  • USP Schools: IB
  • Subjects: ECOLOGIA DE COMUNIDADES; MODELOS MATEMÁTICOS; HABITAT (DESTRUIÇÃO); COMPETIÇÃO ANIMAL
  • Keywords: Computer simulation models; Deriva ecológica; IDH; Modelos computacionais; Perda de habitat; Perturbação; Processos ecológicos
  • Language: Português
  • Abstract: Hipóteses e sistemas ecológicos podem ser descritos pelos mais variados tipos de modelos teóricos. Modelos teóricos por sua vez descrevem sistemas idealizados e podem ser construídos sob diferentes abordagens. A ecologia foi profundamente influenciada por modelos ou hipóteses verbais construídos em uma abordagem predominantemente indutiva. Apesar de inspiradoras, tais hipóteses podem apresentar previsões que são logicamente falhas, uma vez que sistemas ecológicos são altamente complexos cujas trajetórias são difíceis de se prever intuitivamente. Neste sentido modelos teóricos quantitativos podem ser usados como ferramentas para traduzir hipóteses e deduzir previsões que podem ser confrontadas com dados reais. Modelos matemáticos são a forma mais tradicional e aceita de abordagem quantitativa. Apesar das vantagens analíticas da aplicação de modelos matemáticos, eles apresentam limitações para tratar de sistemas mais complexos e em escalas mais basais. Além disso, eles podem se tornar rapidamente complicados não só em termos de tratamento matemático mas também de entendimento por parte de um público mais biológico e empírico. Essa dificuldade de entendimento pode estar impedindo que estudos empíricos sejam fortemente embasados em teoria. Neste sentido, modelos computacionais pode ser uma solução promissora.Modelos computacionais podem ser criados para descrever sistemas virtuais que além de ser mais fáceis de serem desenvolvidos e entendidos por biólogos, permitem a inclusão de vários processos, variáveis e interações. Neste trabalho desenvolvemos um modelo baseado em indivíduos (IBM) para descrever comunidades com estocasticidade demográfica, interações intra e inter-específicas e dispersão. Com essa composição de modelo é possível combinar de diferentes maneiras três dos quatro processos presentes em hipóteses e teorias em ecologia, a saber: deriva, seleção e dispersão. No primeiro capítulo descrevemos os detalhes do modelo e como foi sua concepção e implementação. Ainda no neste capítulo simulamos o modelo explorando um espaço de parâmetros arbitrário, i.e. sem especificar um grupo ou sistema de estudo e analisamos o comportamento do modelo em relação à proporção de espécies persistentes ao fim da simulação e comparamos com a previsão do modelo determinístico de competição sem dispersão. No segundo capítulo aplicamos o modelo em uma versão não espacializada para avaliar dentro das premissas do modelo a consistência lógica das previsões da Hipótese da perturbação intermediária (IDH). No terceiro capítulo simulamos o modelo explorando um espaço de parâmetros baseados em dados empíricos de aves e avaliamos quais características das espécies as tornavam mais ou menos suscetíveis à extinção em paisagens com destruição de habitat.Por fim, discutimos brevemente sobre como o modelo apresentado o modelo apresentado e explorado aqui pode ser usado para diferentes propósitos e responder diferentes perguntas dentro dos contextos teóricos de cada capítulo da tese. E concluímos com algumas considerações finais sobre quais foram as contribuições de se desenvolver um modelo computacional e aplicá-lo a diferentes contextos nesta tese para a formação da doutoranda
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 26.10.2015
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    IB12000030298D-1677
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MANDAI, Camila Yumi; LEITE, Cristina Camargo Banks; PRADO, Paulo Inácio de Knegt López de. Simulações computacionais em ecologia de comunidades: uma interface intuitiva entre modelos verbais e matemáticos. 2015.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41134/tde-01022016-085828/ >.
    • APA

      Mandai, C. Y., Leite, C. C. B., & Prado, P. I. de K. L. de. (2015). Simulações computacionais em ecologia de comunidades: uma interface intuitiva entre modelos verbais e matemáticos. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41134/tde-01022016-085828/
    • NLM

      Mandai CY, Leite CCB, Prado PI de KL de. Simulações computacionais em ecologia de comunidades: uma interface intuitiva entre modelos verbais e matemáticos [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41134/tde-01022016-085828/
    • Vancouver

      Mandai CY, Leite CCB, Prado PI de KL de. Simulações computacionais em ecologia de comunidades: uma interface intuitiva entre modelos verbais e matemáticos [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41134/tde-01022016-085828/