Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Deficiência na expressão de CCR4 reduz a capacidade supressora de células CD4+Foxp3+ e aumenta a susceptibilidade na fase crônica da infecção por M. tuberculosis (2015)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: BERTOLINI, THAÍS BARBOZA - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Subjects: MYCOBACTERIUM TUBERCULOSIS; LINFÓCITOS T; QUIMIOCINAS
  • Language: Português
  • Abstract: A tuberculose (TB) é uma doença crônica causada pelo bacilo Mycobacterium tuberculosis. A patogênese da TB é resultado da interação da persistência dos bacilos e dos mecanismos que conferem proteção contra a infecção. Nesse sentido, o controle de respostas efetoras é fundamental para limitar o dano tecidual do hospedeiro. Células T CD4+Foxp3+ desempenham essa função, porém estão associadas com a progressão da TB. Sabendo que o receptor de quimiocina CCR4 está envolvido na migração de células T CD4+Foxp3+ para o pulmão, nós usamos animais deficientes para CCR4 (CCR4-/-) para avaliar o papel das células T reguladoras (Treg) durante a fase crônica da infecção (70 dias). O animais CCR4-/- e WT (Wild Type) foram infectados com 1 x 105 bacilos pela via intratraqueal e avaliados aos 15, 30 e 70 dias após a infecção. A deficiência na expressão de CCR4 reduziu a migração de células Treg para o pulmão em todos os períodos avaliados, mas afetou diferencialmente a resistência à infecção. Após 15 dias de infeção, os animais CCR4-/- apresentaram maior resistência comparado com os animais WT e nenhuma diferença foi observada após 30 dias de infeção. Aos 70 dias de infeção observou-se um cenário diferente. Embora houvesse aumento de células CD4+Tbet+ e células CD4+ produtoras de IFN-γ(Th1) que, provavelmente, resultaram na maior inflamação pulmonar encontrada, os animais CCR4-/- foram mais susceptíveis. Além disso, as células Treg de animais CCR4-/- apresentam menor expressão das ectonucleotidases CD39 e CD73, prejudicando sua atividade supressora como observado in vitro pela menor capacidade em inibir proliferação de células T efetoras comparadas com as células Treg de animais WT. A transferência de células Foxp3-GFP+ para animais CCR4-/- infectados reduziu os níveis de IFN-γ e a cargabacteriana no pulmão comparados com animais CCR4-/- que não receberam transferência celular. Esses resultados realçam a importância de vias regulação de respostas imunológicas, principalmente durante infecções crônicas como a TB. Nesse sentido, esse estudo mostra a necessidade de compreendermos o limiar entre resistência ao patógeno e tolerância ao dano na TB, para a possível manipulação de novas estratégias terapêuticas
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 04.09.2015

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMRP11200068033Bertolini, Thaís Barboza
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BERTOLINI, Thaís Barboza; BONATO, Vânia Luiza Deperon. Deficiência na expressão de CCR4 reduz a capacidade supressora de células CD4+Foxp3+ e aumenta a susceptibilidade na fase crônica da infecção por M. tuberculosis. 2015.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2015.
    • APA

      Bertolini, T. B., & Bonato, V. L. D. (2015). Deficiência na expressão de CCR4 reduz a capacidade supressora de células CD4+Foxp3+ e aumenta a susceptibilidade na fase crônica da infecção por M. tuberculosis. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Bertolini TB, Bonato VLD. Deficiência na expressão de CCR4 reduz a capacidade supressora de células CD4+Foxp3+ e aumenta a susceptibilidade na fase crônica da infecção por M. tuberculosis. 2015 ;
    • Vancouver

      Bertolini TB, Bonato VLD. Deficiência na expressão de CCR4 reduz a capacidade supressora de células CD4+Foxp3+ e aumenta a susceptibilidade na fase crônica da infecção por M. tuberculosis. 2015 ;