Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Estudo biomecânico comparativo da resistência de segmentos ósseos de rádios de cães autoclavados ou desvitalizados em nitrogênio líquido (2015)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: Bó, ÍSIS DOS SANTOS DAL - FMVZ
  • USP Schools: FMVZ
  • Subjects: BIOMECÂNICA (VETERINÁRIA); ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA VETERINÁRIA (ESTUDO); OSSO E OSSOS (RESISTÊNCIA)
  • Keywords: Cirurgia de preservação do membro; Ensaio de flexão em quarto pontos; Four points bending test; Limb-sparing surgery; Orthopaedic; Ortopedia; Osteosarcoma; Osteossarcoma
  • Language: Português
  • Abstract: O presente estudo visa comparar biomecanicamente, por meio do ensaio de flexão em quatro pontos, a resistência de segmentos de rádios de cães autoclavados e desvitalizados em nitrogênio líquido. Foram utilizados 20 cadáveres de cães de mais de dois anos de idade e massa corporal superior a 20 kg, portanto 40 rádios, que foram divididos em quatro grupos: grupo autoclave (GA), grupo controle autoclave (GCA), grupo nitrogênio (GN) e grupo controle nitrogênio (GCN). Os corpos de prova dos grupos GCA e GCN pertenciam ao lado contralateral dos grupos GA e GN, respectivamente. Os ossos foram autoclavados a 121ºC, por 20 min a 2 atm. A desvitalização em nitrogênio foi realizada por meio da imersão em nitrogênio líquido, por 20 min, seguida de descongelamento à temperatura ambiente, sendo finalizada por imersão em solução de NaCL a 0,9%, por mais 15 min. A avaliação da resistência biomecânica foi realizada pelo ensaio de flexão em quatro pontos. Foi utilizado o programa de computador PMI para calcular o momento de inércia após o ensaio biomecânico destrutivo. Foram comparadas as variáveis força máxima, rigidez, altura máxima à secção transversa do corpo de prova, deslocamento do baricentro em relação ao eixo x, flecha, tensão-tração, tensão compressão e tensão máxima. Não foram encontradas diferenças estatisticamente significantes entre os grupos GN e GCN. Foram encontradas diferenças estatisticamente significantes entre os grupos GA e GCA somente na comparação da variável forçamáxima. A análise das variáveis tensão-tração, tensão-compressão e tensão máxima evidenciou diferenças estatisticamente significantes entre os grupos GA e GN, sendo os valores maiores para o grupo GA. Também foi realizada comparação entre os deltas (GN menos GCN e GA menos GCA) em que não foram observadas diferenças estatísticas
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 27.02.2015

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMVZ11300085450T.3046 FMVZ
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BÓ, Ísis dos Santos Dal; FERRIGNO, Cassio Ricardo Auada. Estudo biomecânico comparativo da resistência de segmentos ósseos de rádios de cães autoclavados ou desvitalizados em nitrogênio líquido. 2015.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015.
    • APA

      Bó, Í. dos S. D., & Ferrigno, C. R. A. (2015). Estudo biomecânico comparativo da resistência de segmentos ósseos de rádios de cães autoclavados ou desvitalizados em nitrogênio líquido. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Bó Í dos SD, Ferrigno CRA. Estudo biomecânico comparativo da resistência de segmentos ósseos de rádios de cães autoclavados ou desvitalizados em nitrogênio líquido. 2015 ;
    • Vancouver

      Bó Í dos SD, Ferrigno CRA. Estudo biomecânico comparativo da resistência de segmentos ósseos de rádios de cães autoclavados ou desvitalizados em nitrogênio líquido. 2015 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: