Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Avaliação dos impactos espaciais do sistema viário oeste-Bahia: uma abordagem a partir de índices de acessibilidade e da modelagem de equilíbrio geral computável (2015)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CAMPOS, RODRIGO CALABRICH - FEA
  • USP Schools: FEA
  • Subjects: ECONOMIA REGIONAL; POLÍTICA DE TRANSPORTES; EQUILÍBRIO ECONÔMICO
  • Keywords: General equilibrium; Regional economics; Transport policy analysis
  • Language: Português
  • Abstract: O objetivo desta dissertação é avaliar os impactos do Sistema Viário Oeste, importante intervenção no sistema rodoviário da Bahia, sobre a distribuição espacial da atividade econômica e da acessibilidade. Objetivando avaliar os impactos do projeto sobre a atividade econômica, integramos um modelo inter-regional de equilíbrio geral computável especialmente desenvolvido para análises de impacto no Estado da Bahia a rede rodoviária do Plano Nacional de Logística e Transportes. A partir de simulações na rede rodoviária e de uma função de custo de frete rodoviário estimamos a redução percentual do custo inter-regional de transporte, variável relevante para integração da rede ao modelo de equilíbrio geral. Podemos destacar três resultados desta análise. Primeiro, as variações na atividade são sensivelmente mais intensas no Estado da Bahia. Segundo, dentre as regiões do Estado da Bahia, àquelas contidas nas regiões Sul, Centro-Sul e a Mesorregião Metropolitana de Salvador são as mais beneficiadas pelo Sistema Viário Oeste. Estes ganhos ocorrem em detrimento das regiões localizadas na porção setentrional do estado, que apresentam acréscimos menos expressivos ou até decréscimo da atividade econômica. Terceiro, o projeto apresenta efeitos de spillover relevantes, tendo em vista que, em todas as situações modeladas, ao menos 30% do aumento do produto real decorrente da operação do projeto beneficia regiões fora do Estado da Bahia. Objetivando avaliar os impactos do Sistema Viário Oestesobre a acessibilidade, calculamos quatro indicadores de acessibilidade: o índice de acessibilidade locacional e três índices de acessibilidade potencial. Empreendemos então três análises sobre os índices calculados. Em um primeiro momento, avaliamos os impactos da redução dos tempos de deslocamentos decorrentes da construção do Sistema Viário Oeste sobre a distribuição espacial da acessibilidade. Como resultado desta análise, constatamos que os mesmos se concentram intensamente no Estado da Bahia. No estado, os municípios mais fortemente impactados são aqueles localizados nas regiões do Sul e Centro-Sul Baiano, com claro destaque para os municípios do Recôncavo. Em um segundo momento, analisamos os impactos do Sistema Viário Oeste sobre a desigualdade na distribuição de acessibilidade. Esta análise evidencia, em linhas gerais, o aumento da desigualdade regional na distribuição de acessibilidade entre os municípios baianos, sinalizando a intensificação da desigualdade na distribuição espacial das vantagens locacionais decorrentes das possibilidades de interação. Em um terceiro momento, empreendemos uma análise raramente efetuada em estudos desta natureza. Recalculamos os índices de acessibilidade utilizando as estimativas da variação do produto interno bruto proveniente das simulações no modelo de equilíbrio geral. Nesta análise, procuramos avaliar as consequências de se considerar às variações na atividade decorrentes do Sistema Viário Oeste sobre os índices deacessibilidade. Nesta perspectiva, observamos que a variação da atividade é relevante para explicar o comportamento da acessibilidade apenas em regiões pouco impactadas pela redução no tempo de deslocamento. Ainda, observamos que esta não impacta significativamente a análise empreendida sobre os índices de desigualdade
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 12.01.2015
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FEA2752994-10T338.09 C198a
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CAMPOS, Rodrigo Calabrich; HADDAD, Eduardo Amaral. Avaliação dos impactos espaciais do sistema viário oeste-Bahia: uma abordagem a partir de índices de acessibilidade e da modelagem de equilíbrio geral computável. 2015.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12138/tde-30032016-120119/ >.
    • APA

      Campos, R. C., & Haddad, E. A. (2015). Avaliação dos impactos espaciais do sistema viário oeste-Bahia: uma abordagem a partir de índices de acessibilidade e da modelagem de equilíbrio geral computável. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12138/tde-30032016-120119/
    • NLM

      Campos RC, Haddad EA. Avaliação dos impactos espaciais do sistema viário oeste-Bahia: uma abordagem a partir de índices de acessibilidade e da modelagem de equilíbrio geral computável [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12138/tde-30032016-120119/
    • Vancouver

      Campos RC, Haddad EA. Avaliação dos impactos espaciais do sistema viário oeste-Bahia: uma abordagem a partir de índices de acessibilidade e da modelagem de equilíbrio geral computável [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12138/tde-30032016-120119/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: