Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Atualização da proteína ideal para frangos de corte (2015)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: VILELA, JéSSICA DE SOUZA - FMVZ
  • USP Schools: FMVZ
  • Subjects: CARCAÇA; FRANGOS DE CORTE; PROTEÍNAS; RAÇÃO
  • Keywords: Carcass yield; Desempenho; Isoleucina; Isoleucine; Performance; Rendimento de carcaça; Valina; Valine
  • Language: Português
  • Abstract: O objetivo deste estudo foi avaliar o desempenho produtivo, o rendimento de carcaça e de cortes comerciais de frango alimentados com rações peletizadas contendo diferentes relações de valina/isoleucina durante as fases de crescimento e final (22 a 42 dias) desses animais. Foram utilizados 630 pintos machos de um dia de idade, da linhagem cobb 500. De 1 a 22 dias de idade, todas as aves receberam uma ração basal comum e aos 22 dias foram pesadas e distribuídas em um delineamento inteiramente casualizado, em esquema fatorial 3x3 (nove combinações de níveis de valina e isoleucina). Os frangos de corte foram submetidos aos seguintes tratamentos experimentais: T1 ração com relação valina/lisina 0,75% e isoleucina/lisina de 0,67%; T2 ração com relação valina/lisina 0,75% e isoleucina/lisina 0,71%; T3 ração com relação valina/lisina de 0,75% e isoleucina/lisina de 0,75%; T4 ração com relação valina/lisina de 0,79% e isoleucina/lisina 0,67%; T5 ração com relação valina/isoleucina de 0,79% e isoleucina/lisina 0,71%; T6 - ração com relação valina/isoleucina de 0,79% e isoleucina/lisina 0,75%; T7 - ração com relação valina/isoleucina de 0,83% e isoleucina/lisina 0,67%; T8 - ração com relação valina/isoleucina de 0,83% e isoleucina/lisina 0,71% e T9 - ração com relação valina/isoleucina de 0,83% e isoleucina/lisina 0,75%. As características avaliadas foram desempenho, o ganho de peso, o consumo de ração, a conversão alimentar, o rendimento de carcaça e cortes comerciais. Houveinteração entre os fatores para todas as características avaliadas, exceto para peso corporal aos 28 dias. Os melhores resultados obtidos nas características avaliadas foram para as aves alimentadas com (0,83% de valina e 0,75% de isoleucina), exceto para peso corporal e ganho de peso aos 42 dias, em que os melhores resultados foram obtidos pelas aves que receberam (0,83% de valina e 0,75% de isoleucina)
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 29.04.2015
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMVZ11300089625T.3124 FMVZ
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      VILELA, Jéssica de Souza; ARAUJO, Cristiane Soares da Silva. Atualização da proteína ideal para frangos de corte. 2015.Universidade de São Paulo, Pirassununga, 2015. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10135/tde-27082015-112404/ >.
    • APA

      Vilela, J. de S., & Araujo, C. S. da S. (2015). Atualização da proteína ideal para frangos de corte. Universidade de São Paulo, Pirassununga. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10135/tde-27082015-112404/
    • NLM

      Vilela J de S, Araujo CS da S. Atualização da proteína ideal para frangos de corte [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10135/tde-27082015-112404/
    • Vancouver

      Vilela J de S, Araujo CS da S. Atualização da proteína ideal para frangos de corte [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10135/tde-27082015-112404/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: