Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Tectônica sinsedimentar no Siluro-Devoniano da Bacia do Parnaíba, Brasil: o papel de grandes estruturas do embasamento na origem e evolução de bacias intracratônicas (2015)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CHAMANI, MARLEI ANTôNIO CARRARI - IGC
  • USP Schools: IGC
  • Subjects: BACIAS SEDIMENTARES; FALHAS (GEOLOGIA ESTRUTURAL); SISMITO; BACIA ÁGUA BONITA
  • Keywords: Campo de paleotensões; Deformação em sedimentos inconsolidados; Paleostress field; Sistema de Falhas Transbrasiliano; Soft-sediment deformation; Transbrasiliano Fault System
  • Language: Português
  • Abstract: O Sistema de Falhas Transbrasiliano é uma estrura complexa que se estende por mais de 7.400km, desde a região de Córdoba, Argentina, até a região central da Argélia, na África. O Sistema de Falhas Transbrasiliano e outras estruturas do embasamento exerceram grande influência na instalação e história deposicional das bacias sedimentares da Plataforma Sul-Americana, entre elas a Província Parnaíba e a Bacia Água Bonita, objetos de estudo desta tese. Zonas de fraqueza litosférica importantes, como o Sistema de Falhas Transbrasiliano, tendem a concentrar esforços remotos gerados na borda das placas, e dessa forma a ser foco de atividade tectônica e sismicidade intraplaca. Sismos intraplaca, embora pouco comuns, podem atingir magnitudes consideráveis e afetar grandes áreas. Tectônica e sismicidade intraplaca podem gerar diversos tipos de registro em bacias intracratônicas. Entre eles, se destacam os sismitos: estruturas de liquidificação produzidas em sedimentos inconsolidados submetidos a choque sísmico. Sismitos são ferramentas particularmente úteis para a reconstrução da história tectônica de bacias sedimentares; no entanto, sua caracterização e interpretação podem ser problemáticas, visto que processos não sísmicos podem induzir a formação de estruturas similares às produzidas por terremotos. Desta forma, foi elaborada uma metodologia visando a diagnose do agente desencadeador da deformação sinsedimentar, permitindo a distinção entre agentes de deformação autógenos e agentesde deformação alógenos, e entre estes identificar estruturas produzidas por abalos sísmicos. A partir de sua caracterização como possíveis sismitos, as estruturas foram analisadas, visando determinar intervalos de atividade tectônica sinsedimentar, que estruturas do embasamento foram reativadas e possíveis campos de paleotensões à época de sua formação. Para esta última finalidade, foi desenvolvida também uma metodologia para aquisição e tratamento estatístico de dados de orientação e espessura de diques clásticos. Foram identificados horizontes com sismitos no Grupo Serra Grande, nas formações Pimenteiras, Cabeças, Piauí, Pedra de Fogo, Pastos Bons e no Grupo Areado (Província Parnaíba) e nas formações Água Bonita e Vereda Verde, (Bacia Água Bonita). Estruturas descritas para a Formação Ipu do Grupo Serra Grande se revestem de especial importância, pois se constituem em registros da tectônica responsável pela instalação da Bacia do Parnaíba. O Sistema de Falhas Transbrasiliano está relacionado à maioria das fases de atividade tectônica identificadas, embora outras estruturas lineares, como os lineamentos Tocantins-Araguaia e de Senador Pompeu também possam ter sido responsáveis por parte desta atividade
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 17.11.2015
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    IGC2758279-20T C442 MAC.s e.2
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CHAMANI, Marlei Antônio Carrari; RICCOMINI, Claudio. Tectônica sinsedimentar no Siluro-Devoniano da Bacia do Parnaíba, Brasil: o papel de grandes estruturas do embasamento na origem e evolução de bacias intracratônicas. 2015.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44141/tde-04052016-111511/ >.
    • APA

      Chamani, M. A. C., & Riccomini, C. (2015). Tectônica sinsedimentar no Siluro-Devoniano da Bacia do Parnaíba, Brasil: o papel de grandes estruturas do embasamento na origem e evolução de bacias intracratônicas. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44141/tde-04052016-111511/
    • NLM

      Chamani MAC, Riccomini C. Tectônica sinsedimentar no Siluro-Devoniano da Bacia do Parnaíba, Brasil: o papel de grandes estruturas do embasamento na origem e evolução de bacias intracratônicas [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44141/tde-04052016-111511/
    • Vancouver

      Chamani MAC, Riccomini C. Tectônica sinsedimentar no Siluro-Devoniano da Bacia do Parnaíba, Brasil: o papel de grandes estruturas do embasamento na origem e evolução de bacias intracratônicas [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44141/tde-04052016-111511/