Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Anti-adherent and antifungal activity of organic and synthetic adhesive polymer on candida albicans biofilms (2015)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: TOALA, OSCAR OSWALDO MARCILLO - FOB
  • USP Schools: FOB
  • Subjects: CANDIDA ALBICANS; ADESIVOS; PRÓTESE DENTÁRIA
  • Language: Inglês
  • Abstract: O objetivo do trabalho foi avaliar o efeito de adesivos sintéticos e orgânicos no desenvolvimento e adesão da Candida albicans. A prevenção e tratamento da estomatite associada à Candida tem sido estudada amplamente nos últimos anos, mas ainda procura-se um mecanismo irrefutável. Nos últimos anos, a aplicação de Cianoacrilatos e Selante de Fibrina derivado de veneno de cobra com finalidade antimicrobiana tem chamado à atenção dos pesquisadores e clínicos. Estes materiais quando aplicados na superfície podem exercer um efeito citopático ou citotóxico nas células humanas e microrganismos. Cianoacrilatos com diferentes cadeias e o selante de fibrina foram aplicados sobre espécimes quadrangulares (2- 3µm Ra) e inoculados com Candida albicans SC5314 (1.107 cels/mL). Após 24 horas, os espécimes foram submetidos a ensaio de contagem de colônias fungicas (CFU/mL), ensaio de colorimétrico (XTT) e avaliação de imagens pela microscopia confocal. Os testes estatísticos empregados foramn Kruskall Wallis e Dunn comparações multiples com p<0,05. Os resultados demonstraram uma redução da contagem de colônias nos grupos cianoacrilatos: Etil-cianoacrilato Convencional (84%), Etil-cianoacrilato gel (71%), Butil-cianoacrilato (60%) e Octil-cianoacrilato (87%). O teste XTT apresentou os maiores resultados nos grupos Octil-cianoacrilato (70%) e Etil-cianoacrilato Convencional (61%). As imagens obtidas na microscopia confocal confirmaram uma redução da adesão fungica de ceulas viáveis e não viáveis nos grupos cianoacrilatos compatível com o CFU/mL; principalmente no grupo Octil-cianoacrilato onde só tinha células viáveis aderidas. Estes achados confirmaram a atividade antiaderente dos cianoacrilatos contra a colonização de Candida albicans. A incorporação de mais períodos de avaliação assim como outros testes tem que serem desenvolvidos para compreender como esse efeito antiaderenteacontece.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 07.12.2015

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FOB2760003-10M332a
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MARCILLO TOALA, Oscar Oswaldo; PORTO, Vinícius Carvalho. Anti-adherent and antifungal activity of organic and synthetic adhesive polymer on candida albicans biofilms. 2015.Universidade de São Paulo, Bauru, 2015.
    • APA

      Marcillo Toala, O. O., & Porto, V. C. (2015). Anti-adherent and antifungal activity of organic and synthetic adhesive polymer on candida albicans biofilms. Universidade de São Paulo, Bauru.
    • NLM

      Marcillo Toala OO, Porto VC. Anti-adherent and antifungal activity of organic and synthetic adhesive polymer on candida albicans biofilms. 2015 ;
    • Vancouver

      Marcillo Toala OO, Porto VC. Anti-adherent and antifungal activity of organic and synthetic adhesive polymer on candida albicans biofilms. 2015 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: