Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Estudo da modulação da via Wnt pelo inibidor de Aurora-quinases AMG900 em linhagens celulares de meduloblastoma pediátrico (2016)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: GERON, LENISA - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Subjects: ONCOLOGIA; MEDULOBLASTOMA; PROLIFERAÇÃO CELULAR
  • Keywords: AMG900; Aurora-quinases; Via de sinalização Wnt; Aurora kinases; Medulloblastoma; Wnt signaling pathway
  • Language: Português
  • Abstract: O meduloblastoma (MB) é o tumor cerebral maligno mais comum na infância. A formação/progressão desta neoplasia foi associada a alterações moleculares, que inclui a desregulação da via de sinalização Wingless (Wnt), responsável pelo desenvolvimento embrionário. Além disso, as proteínas da família Aurora-quinases (A, B e C) têm sido amplamente estudadas, uma vez que a Aurora A e B foram encontrados hiperexpressas em diversas neoplasias, como o MB. Estudos recentes mostraram que existe uma associação entre a Via Wnt e as Aurora-quinases. No entanto, poucos trabalhos foram realizados para confirmar essa associação. Ademais, não existem trabalhos que relatem os efeitos do AMG900, um pan-inibidor de aurora-quinases, em MB, dando enfoque na regulação da via Wnt. Assim, o objetivo deste trabalho foi avaliar a modulação da via Wnt pelo inibidor AMG900 nas linhagens celulares de meduloblastoma pediátrico. Foram realizados os ensaios de PCR convencional, sequenciamento, qRT-PCR, transfecção transiente, ensaio clonogênico, Western Blot e ciclo celular. As linhagens celulares UW402, UW473 e ONS-76 não apresentaram mutações no éxon 3 do gene CTNNB1 (β-catenina) e no éxon 15 do gene APC. Não foi observada uma expressão significativa de CTNNB1, confirmando que as linhagens não possuíam a via Wnt ativa. Com isso foi necessário a transfecção transiente com a β-catenina. Após este ensaio, houve um aumento da expressão de CTNNB1, Ciclina D1 e C-Myc nas três linhagens, o que não ocorreu com as Auroras A e B. No ensaio clonogênico foi observado uma redução do número de colônias nas linhagens UW473 e ONS-76. Observou-se um aumento da expressão proteica da β-catenina, da Aurora A e B na UW473, o que ocorreu somente com a β-catenina na linhagem ONS-76. Após o tratamento com o AMG900 ocorreu uma diminuição da expressão proteica de β-catenina, da Aurora A e B em ambas as linhagensA transfecção não alterou o percentil celular em G2/M na UW402 e UW473. Já na ONS-76 houve um aumento significativo em G2/M, e o AMG900 potencializou esse bloqueio apenas nessa linhagem. Os resultados sugerem que pode haver alguma relação entre a inibição das proteínas Aurora-quinases e a expressão de proteínas da via Wnt
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 12.01.2016
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMRP11200068143Geron, Lenisa
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GERON, Lenisa; TONE, Luiz Gonzaga. Estudo da modulação da via Wnt pelo inibidor de Aurora-quinases AMG900 em linhagens celulares de meduloblastoma pediátrico. 2016.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2016. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17135/tde-04012017-095955/ >.
    • APA

      Geron, L., & Tone, L. G. (2016). Estudo da modulação da via Wnt pelo inibidor de Aurora-quinases AMG900 em linhagens celulares de meduloblastoma pediátrico. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17135/tde-04012017-095955/
    • NLM

      Geron L, Tone LG. Estudo da modulação da via Wnt pelo inibidor de Aurora-quinases AMG900 em linhagens celulares de meduloblastoma pediátrico [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17135/tde-04012017-095955/
    • Vancouver

      Geron L, Tone LG. Estudo da modulação da via Wnt pelo inibidor de Aurora-quinases AMG900 em linhagens celulares de meduloblastoma pediátrico [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17135/tde-04012017-095955/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: