Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Estratégias para operacionalização da logística reversa de medicamentos (2015)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: AURÉLIO, CECÍLIA JULIANI - EACH
  • USP Schools: EACH
  • Subjects: RESÍDUOS SÓLIDOS; LOGÍSTICA REVERSA; FÁRMACOS; SUSTENTABILIDADE
  • Keywords: Drugs; Gestão de resíduos; Resíduos de medicamentos; Resíduos sólidos; Solid waste; Sustainability; Waste management; Waste medications
  • Language: Português
  • Abstract: O descarte de medicamentos envolve dois fluxos: o fluxo institucional, dos resíduos de fármacos, classificados como resíduos de serviços de saúde, utilizados na indústria e nas instituições de saúde; e o fluxo domiciliar, dos medicamentos vencidos/em desuso em poder da população. O descarte dos resíduos de medicamentos de origem domiciliar pode ser promovido pela logística reversa, onde este tipo de resíduo é devolvido ao setor empresarial para destinação final ambientalmente segura. O objetivo deste estudo foi identificar as estratégias mais viáveis para operacionalização da logística reversa de medicamentos. Trata-se de uma pesquisa exploratória, descritiva, com abordagem quantitativa. As estratégias foram avaliadas junto a atores da cadeia de valor farmacêutica: representantes do poder público, da indústria e distribuição farmacêutica, e consumidores/potenciais consumidores de medicamentos. Foram elaborados três questionários de avaliação de estratégias segundo seis critérios: mediação (articulação entre atores da cadeia produtiva farmacêutica por meio de políticas públicas); fiscalização (das ações); complexidade (de implantação e operacionalização); custos (de implantação e manutenção); adesão (potencialidade de ser inserida no cotidiano da população) e abrangência (potencialidade de alcançar a população). (continua)(continuação) As estratégias foram hierarquizadas em ordem decrescente de viabilidade: rientações à população por profissionais de saúde, farmácias e internet, sinalização de informações nas embalagens e bulas de medicamentos, campanhas publicitárias e de educação ambiental e a disponibilização de postos de entrega voluntária. Os resultados poderão contribuir para a operacionalização de um sistema de logística reversa de medicamentos, considerando todos os atores envolvidos e buscando conciliar suas necessidades, possibilidades, limitações e interesses
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 24.11.2015
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    EACH2763532-10t363.7285 A927e
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      AURÉLIO, Cecília Juliani; UENO, Helene Mariko. Estratégias para operacionalização da logística reversa de medicamentos. 2015.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/100/100136/tde-07012016-142615/ >.
    • APA

      Aurélio, C. J., & Ueno, H. M. (2015). Estratégias para operacionalização da logística reversa de medicamentos. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/100/100136/tde-07012016-142615/
    • NLM

      Aurélio CJ, Ueno HM. Estratégias para operacionalização da logística reversa de medicamentos [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/100/100136/tde-07012016-142615/
    • Vancouver

      Aurélio CJ, Ueno HM. Estratégias para operacionalização da logística reversa de medicamentos [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/100/100136/tde-07012016-142615/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: