Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Mutações de resistência aos inibidores da polimerase em pacientes monoinfectados pelo vírus da Hepatite C e coinfectados HCV-HIV (2016)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: NOBLE, CAROLINE FURTADO - FM
  • USP Schools: FM
  • Sigla do Departamento: MGT
  • Subjects: MUTAÇÃO GENÉTICA; VÍRUS DA HEPATITE C; HEPATITE C; INIBIDORES DE ENZIMAS; INFECÇÕES POR HIV; INFECÇÕES OPORTUNISTAS; ANTIVIRAIS; RESISTÊNCIA MICROBIANA ÀS DROGAS; BIOLOGIA MOLECULAR
  • Keywords: Antiretrovirus agent; Coinfection; Drug resistence; Enzyme inhibitor; HIV infection; Molecular biology; Mutation
  • Language: Português
  • Abstract: Nos últimos anos o tratamento da infecção crônica pelo HCV passou por importantes mudanças. Recentes avanços em biologia molecular proporcionaram o melhor conhecimento sobre a estrutura molecular do HCV e permitiram o desenvolvimento de moléculas que tem como alvo proteínas específicas integrantes do ciclo replicativo do vírus, denominados agentes antivirais de ação direta (DAAs). No Brasil, atualmente, os DAAs aprovados para o tratamento da Hepatite C são: Simeprevir (2ª geração de inibidor de protease), Daclatasvir (inibidor de NS5A) e o Sofosbuvir (inibidor análogo nucleotídeo de polimerase). A combinação dessas diferentes classes de DAAs permite maior eficácia no tratamento do HCV, reduz a duração do tratamento e o risco da emergência de resistência. Ao mesmo tempo em que o desenvolvimento de DAAs promete melhorar a chance de sucesso do tratamento dos pacientes crônicos infectados pelo HCV, a emergência de variantes associadas à resistência representa um grande desafio ao sucesso da terapia antiviral atualmente proposta e informações sobre a presença dessas mutações ainda são escassas. Este estudo tem como objetivo o mapeamento de variantes associadas à resistência (RAVs) primárias aos inibidores da polimerase (NS5B) do HCV em pacientes monoinfectados (HCV) e em pacientes coinfectados (HCV/HIV). Para tal, o rastreamento de substituições de aminoácidos foi realizado entre as posições 159 e 495 da proteína NS5B do HCV nas sequências de 244 pacientes infectados pelo HCV-1:133 monoinfectados [1b (n=93); 1a (n=40)] e 111 coinfectados [1a (n=93); 1b (n=18)]. A ocorrência natural de RAVs nos resíduos S282, L320 e P495 não foi observada nas sequências analisadas neste estudo. As RAVs encontradas no grupo de monoinfectados foram: L159F (16,1% - 1b), C316N (16,3% - 1b) e A421V (21,4% - 1a; 3,2 - 1b) ; e no grupo de coinfectados foram: C316N (7,1% - 1b), V321A (1,6% - 1a), M414V (1,3% - 1a); A421V (23,7% - 1a; 6,3% - 1b), A421G (1,3% - 1a); Y448H (1,3% - 1a). Entre os pacientes monoinfectados, a região NS5B do HCV-1a apresentou menor número de variantes associadas à resistência (RAVs) quando comparada ao subtipo 1b, ao contrário do observado nos coinfectados. A variante C316N foi a única que ocorreu em combinação com outras variantes. Houve a ocorrência concomitante das variantes L159F e C316N em 8 pacientes monoinfectados pelo HCV-1b (8/56; 14,3%). Entre os coinfectados, foi observada a ocorrência concomitante das variantes C316N e A421V em apenas 1 paciente infectado pelo HCV-1b (1/14; 7,1%). A presença de RAVs foi detectada nas duas populações estudadas neste estudo. Contudo, outros estudos são necessários para que se possa avaliar o real impacto dessas mutacões na resposta ao tratamento
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 10.06.2016
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FM2773828-10W4.DB8^SP.USP^FM-1^N67mu^2016
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      NOBLE, Caroline Furtado; CARRILHO, Flair José. Mutações de resistência aos inibidores da polimerase em pacientes monoinfectados pelo vírus da Hepatite C e coinfectados HCV-HIV. 2016.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2016. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5168/tde-22082016-162555/ >.
    • APA

      Noble, C. F., & Carrilho, F. J. (2016). Mutações de resistência aos inibidores da polimerase em pacientes monoinfectados pelo vírus da Hepatite C e coinfectados HCV-HIV. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5168/tde-22082016-162555/
    • NLM

      Noble CF, Carrilho FJ. Mutações de resistência aos inibidores da polimerase em pacientes monoinfectados pelo vírus da Hepatite C e coinfectados HCV-HIV [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5168/tde-22082016-162555/
    • Vancouver

      Noble CF, Carrilho FJ. Mutações de resistência aos inibidores da polimerase em pacientes monoinfectados pelo vírus da Hepatite C e coinfectados HCV-HIV [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5168/tde-22082016-162555/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: